RSS

4ªs de Final – 1 e 2

SEXTA06.07.

QUARTAS de FINAL 1

(vencedor de 1 x vencedor de 2 das 8ªs)

11h

Em NIJNI NOVGOROD – (1)

FRANÇA 2 x 0 URUGUAI

*

Primeiro tempo: começando com a França tentando propor o jogo, mas o Uruguai equilibra em seguida. A seleção sul americana sem Cavani, que sequer ficou no banco, por motivo de lesão. A França é um time mais sangue frio, não parece sentir o peso da partida, enquanto o Uruguai dá umas rateadas típicas de quem está com os nervos à flor da pele. A marcação é dura de ambos os lados, muitas faltas para lá e para cá. O primeiro chute de verdade aconteceu aos 34 minutos, e foi uma defesa relativamente fácil de Lloris. Com o gol francês o Uruguai se obriga a mudar a estratégia e sair em busca do empate. Cobrança de falta da intermediária, bola viajando por cima na área francesa, onde Cáceres cabeceia no canto inferior direito e Lloris faz defesa importantíssima para o lado, aos 43. Os minutos finais foram todos de pressão uruguaia, no campo do adversário, enquanto a França se segurou até o apito final.

As equipes voltam sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo: a França recomeça a partida tentando pressionar em busca da ampliação do placar. O Uruguai se quiser ter alguma chance tem que continuar avançando a marcação e saindo para cima do adversário. O jogo é rápido, o Uruguai pressiona, mas nenhum dos goleiros fez nenhuma defesa até o momento. O segundo gol francês trouxe à tona o nervosismo uruguaio. Tendo que jogar, não está conseguindo, partindo para a agressão física, o que interrompe o andamento da partida e beneficia o adversário. A França sempre mais perto de ampliar, com seu sangue frio, do que o Oruguai de descontar, com seu descontrole. Nos minutos finais a França toca a bola, fazendo o tempo passar, enquanto o Uruguai olha e não corre. Aparentemente não tem mais gás para tentar reagir.

Gols: cobrança de falta da direita, bola alta na área uruguaia, e Varani de cabeça desvia de Muslera, bola no canto inferior direito, aos39. Segundo tempo: jogada do ataque francês que termina com chute cruzado de Griezmann do meio da rua, a bola faz uma curva, Muslera tenta dar um tapa, mas ela escorrega, sobe e cai dentro do gol, um frangaço, aos 16.

A França se classifica para as semifinais.

*

₸₸

BRASIL 1 x 2 BÉLGICA


Your Comment