RSS

Abalo na Tradição

Horário brasileiro de Verão

07:33

A noite vai ter lua cheia, quem eu amo vem me ver” (Pepeu Gomes). Só vi a Lua quando estava amanhecendo, porque não tenho mais vista para aquele lado. Lá na zona norte eu dormia de janela aberta olhando para a lua cheia. Agora não tenho mais vista. Foi uma noite quente, de ventilador funcionando o tempo todo. O céu está limpo. Vi dois termômetros, um assinalava 20 e o outro 19ºC, entre 6:44 e 6:45.

TRISTEZA do CHURRASQUEIRO(?)

Um dos meus cunhados, grande assador, costuma dizer que “com o Nilton não tem churrasqueiro triste“, porque eu sento e como, como, como, fico um bom tempo aceitando mais um pedaço de carne e nunca reclamo de nada. Nem de pouco ou muito sal, nem de dureza da carne (com meus dentes de tubarão não tem necessidade nenhuma de eu reclamar disso), não reclamo de nada. Só sento e como.

Então, neste final de semana, que teve muita carne, doces e sorvete, mandei ver. O problema é que acho que não estou mais o mesmo. Ontem foi a segunda vez que não passei muito bem depois de ter comido tudo que tinha direito (e bebido toda a Pepsi a que tinha direito, também).

Eu sei que não foi o resultado do Grenal que me deixou indisposto. Futebol não me afeta tanto assim. Foi alguma coisa ou a quantidade do que eu comi. Tive dificuldades para dormir, na madrugada de 2a. O estômago dava altas viajadas, houve momentos em que tive sérias dúvidas sobre se conseguiria ficar deitado. Depois de levar a madrugada assim, quando chegou a hora de me arrumar, tomar o café de sempre nem passou pela minha cabeça. Não dava. Comi uma maçã, ensaiei umas colheradas de sorvete, mas imediatamente percebi que também não conseguiria.

Vim para o trabalho apenas com a maçã no estômago. Passou a manhã inteira e só fui sentir fome na hora de sair. Mesmo assim, em casa, comi apenas as duas sobras dos lanches que trouxemos da saída de sábado, a filha e eu. E passei a tarde inteira sem comer praticamente nada, a não ser umas uvas, às 6 da tarde, porque a fome estava pegando. Ainda assim, fiz feijão, e comi bem, depois.

Para saber se foi uma coisa de momento ou se realmente mudou algo no meu organismo, tenho que esperar pela próxima churrascada, que não vai demorar muito, porque, logo, logo, tem aniversário de um ano da Maria Alice e também o do próprio cunhado churrasqueiro.

 Contando:  53, 669, 1940 dias para a minha aposentadoria, 485, 977, 2528, 1263, 05, 690 dias para o final do período dojeito novo de governar“, 08, 01 dia para o início da Copa do Brasil, 82, 183, 47, 325, 82, 113, 158.

 DROPS

A seção dos “posts mais lidos“, na coluna 2 da página do blog, já está começando a apresentar mudanças. Estão saindo de cena posts mais visitados de 2008 e começam a entrar títulos de 2009. Para minha surpresa, as mudanças estão acontecendo em ritmo acelerado, e as estatísticas estão revelando que janeiro e fevereiro, apesar de serem meses de férias, estão até agora batendo recordes de audiência deste espaço.

É claro que eu sei que a maioria das visitas são de pessoas que vêm, olham, não encontram o que procuram e vão embora. A maioria. Mas fica a outra ponta, das pessoas que voltam todos os dias para ler o que eu escrevo, e é também graças a elas que os números vão lá em cima.

*

O canal Warner anuncia para abril estreias e retornos de séries, incluindo a última temporada do segundo seriado mais exibido da história da televisão (segundo me parece, perdendo apenas para Law & Order, que está na 18a. temporada).

E.R. vai terminar. Segundo a chamada, “com a surpreendente volta de um dos mais cobiçados atores de Hollywood“, que não aparece nas cenas de apresentação. Mas para quem acompanhou as primeiras temporadas do espetáculo, de cara vem a idéia de que só podem estar se referindo a George Clooney, no papel do pediatra Dr. Doug Ross.

AINDA o GRENAL

Concordo com os argumentos. 

Carlos Simon pode até ter errado ao não expulsar o zagueiro Réver no momento da falta em que ele puxou Nilmar pela camisa. O atacante colorado ficaria na cara do gol, tendo somente o goleiro victor entre ele e a meta. No entanto, questão de interpretação, o drible de Nilmar, dado para a esquerda, pode ter levado o árbitro a pensar que ele não sairia na direção do gol. Na verdade, no momento da falta, não havia iminência de gol, o que parece que é o que a regra diz. Para que um jogador que seja o útlimo homem de defesa ser expulso, o atacante tem que estar na iminência de fazer gol, o que não era o caso. (1)

O gol anulado de Jonas, num impedimento mal assinalado por Marcelo Barison, auxiliar que corria no lado das sociais do Beira-Rio, foi um erro que mexeu com o placar do jogo. Se Réver tivesse sido expulso pela falta em Nilmar referida no parágrafo anterior, não haveria garantias de que o Grêmio perderia o jogo por causa disso. Poderia não influir no placar, assim como se Adilson tivesse feito falta no lance do segundo gol colorado. Ele seria expulso, mas dificilmente o Inter teria tempo de fazer um segundo gol.

Já no caso da anulação do segundo gol gremista no momento em que o jogo estava 1 x 1, o erro foi capital. Apesar de ter perdido uma dezena de gols, especialmente pelos pés de Fábio Santos, o Grêmio saiu do Grenal a perigo na tabela de classificação também por causa de um erro de arbitragem. (2)


Your Comment