RSS

Além do Esperado

INJUSTIÇA no MEIO

Agora estou começando a acreditar que vou conseguir baixar a média de postagens diárias necessárias para alcançar a meta de 6.000 até o final do ano, porque depois de 89 dias de 2015 estou com 12 posts à frente do que seria necessário, ou seja, com quatro dias antecipados, mesmo que não consiga escrever três posts todos os dias estarei sempre mais perto de aumentar o número de posts antecipados do que de perdê-lo para sempre.

Apesar de ter usado meus dias de dissídio ao longo do mês de março e a partir de abril voltar a trabalhar às quartas-feiras, a parte boa disso é que vou voltar a ter mais um dia para manter a média, conseguindo postar pelo menos três postas por dia entre quarta e domingo, eventualmente dando uma esticada na segunda-feira, se conseguir deixar algum rascunho pronto antes.

Diga-se de passagem, a “descoberta” de alguns rascunhos que estavam parados há alguns anos (e agora sei que há outros, mas como fazem parte de projetos de novelas minhas não há prazo para publicação) ajudou muito para que eu chegasse a este patamar, que agora não tem mais volta.

Assim como eu antes havia previsto, a entrada de posts sobre futebol deu uma alavancada nas postagens, porque qualquer outra coisa que eu escreva recebe reforços com aquelas junto, e isso que não ando dando pitacos nos jogos do Inter, como tenho feito após os do Grêmio, para não me incomodar. Minha visão realista da coisa é até bem menos contundente do que a do Guerrinha, por exemplo, que acha que se deve trocar de treinador já. Mas como ele é colorado, os colorados tendem a aceitar mais o que ele diz, do que eu, que sou gremista, que dou a minha secada, claro, mas na hora de analisar tento ser o mais imparcial possível.

Sobre isso posso até afirmar que não sou muito chegado em trocas de treinador que está ganhando. Se o grupo do Inter está insuficiente para justificar as vitórias que não convencem, cabe à direção dar ao treinador melhores peças com que trabalhar, que foi o que a direção do Grêmio fez e agora o Felipão já tem um time. Não dá para ter um time bom e confiante , por mais que o treinador tivesse encontrado o esquema, com Fabrício na lateral esquerda. Há anos. É inacreditável.

Dito isso, com este e mais o do fechamento da rodada do Gauchão, à noite, mantenho a média de publicação de três posts por dia.


Your Comment