RSS

Argentina 1 x 1 BRASIL

3ª RODADA das ELIMINATÓRIAS da COPA do MUNDO

Com Ricardo Oliveira no ataque e com a volta de Neymar aos gramados pela Seleção Brasileira, e com rumores sobre a substituição de Dunga por Tite no começo de 2016, a representação nacional vai a campo enfrentando um adversário que vem sem Messi, sem Tevez e sem Aguero, suas três maiores estrelas.

No MONUMENTAL de NÚÑEZ, em BUENOS AIRES

22:00

SELEÇÃO BRASILEIRA

Alisson; Daniel Alves, Miranda, David Luiz e Filipe Luís; Elias, Luiz Gustavo, Willian e Lucas Lima; Neymar e Ricardo Oliveira.

Cartões: amarelo para Filipe Luis, aos 31. Segundo tempo: amarelos para Lucas Lima, aos 14; David Luiz, aos 41; vermelho para David Luiz, aos 43.

Gols: Di María lança Higuaín na direita, ele avança em velocidade e cruza para o meio da área, onde Lavezzi estava, entrando pelo meio da defesa brasileira desarrumada, manda para as redes, na saída de Alisson, sem chance de defesa, aos 31. Segundo tempo: Daniel Alves cruza da direita, a bola atravessa a área, Douglas Costa do outro lado cabeceia, a bola vai no travessão e volta para o meio da área, onde Lucas Lima estava para bater em gol e empatar, aos 13.

Trocas: segundo tempo: Douglas Costa vem para o jogo no lugar de Ricardo Oliveira, aos 11; Renato Augusto vem para o jogo no lugar de Lucas Lima, aos 18; Gil vem para o jogo no lugar de Willian, aos 44.

*

.Primeiro tempo começando com a bola no campo do Brasil. Com menos de 2 minutos Alisson já estava tendo que fazer defesa importante; o rebote foi aliviado pela defesa brasileira. Cruzamento de Di María, bola atravessando a área brasileira, aos 5. Cruzamento da esquerda, a defesa do Brasil bate cabeças e Otamendi cabeceia para fora, aos 37. Willian cobra falta na direita, bola alçada no meio da área argentina, onde David Luiz sobre mais do que todo mundo e cabeceira por cima do gol, aos 41.

As duas equipes voltaram sem alterações para o reinício de partida.

O segundo tempo começou em alta velocidade com a Argentina novamente partindo para cima. A 1 minuto e meio já tinha uma bola no pé da trave do gol de Alisson, que por pouco não acabou em gol. Chute de Neymar passando ao lado do gol de Romero, aos 8. Elias chutando por cima do gol, aos 28. Cruzamento que veio da esquerda, Filipe Luís erra e quase faz gol contra, obrigando Alisson a fazer defesa no meio do gol. aos 32. Douglas Costa finaliza jogada dentro da área com chute que Romero defende, aos 35. Bola alçada na área brasileira e Otamendi sozinho sobe e cabeceia para fora, aos 41.

O resultado coloca o Brasil na quinta colocação da zona sul americana.

*

Arbitragem: Antônio Arias (Fifa/PAR), auxiliado por Eduardo Cardozo (Fifa/PAR) e Milciades Saldívar (Fifa/PAR).

Melhor do jogo: Di María.


Your Comment