RSS

Auto Treinador

SEM VENDER NADA

Outro dia estava lendo um trecho do livro O Mensageiro Milionário, de Brandon Burchardt, agora com os pontos a meu juízo mais importantes devidamente pintados, e naquela parte ele falava sobre a pessoa abrir um blogue para transmitir informações que agreguem valor às vidas das outras pessoas. A sugestão dele é que a pessoa se especialize em alguma coisa e a partir disso passe a fazer diferença nas vidas delas.

Claro que o enfoque dele é sobre a gente fazer isso com o objetivo e ganhar dinheiro a partir da venda de cursos e materiais de treinamento sobre determinado assunto.

Então eu mais uma vez pensei no por quê de escrever um blogue onde basicamente falo sobre meu dia a dia, eu sabendo que isso basicamente não agrega nada na vida de ninguém. É uma consciência que tenho.

Ao mesmo tempo, penso que problemas todo mundo tem, eu também tenho, embora não fale muito deles, aqui. O caso é que sem querer eu me especializei em tentar levar uma vida tranquila, e bem ou mal eu aqui descrevo alguns aspectos desta tranquilidade, talvez ajudando alguém que eventualmente se assuste com a ideia de aposentadoria e a falsa ideia de que só resta ficar esperando pela morte, neste período da vida, e eu também tenho consciência de que não precisa ser assim.

Como tenho escrito à exaustão, a pessoa tem que se preparar.

Não sei se o que escrevo sobre isso chega a agregar valor à vida de alguém, e sinceramente, embora gostasse que sim, não me preocupo com isso. Na verdade, acredito que não. O que posso afirmar com certeza é que vir aqui e discorrer sobre o meu dia a dia, escrever sobre futebol e eventualmente alguns outros assuntos é algo que agrega valor à minha mente, que se mantém ativa.

O processo de criação de uma publicação no blogue é cheio de pequenos detalhes. Visivelmente alguns deles passam, que depois eu corrijo, então venho aqui todos os dias exercitar a minha memória para todos esses detalhes. Isso eu acho que pode ser um bom exemplo para pessoas que estejam (ou que ainda vão estar) em situação semelhante à minha.


Your Comment