RSS

BRASIL 0 x 1 Colômbia

COPA AMÉRICA 2015 (2)

Depois da complicada vitória sobre o Peru a Seleção Brasileira pega um adversário mais qualificado que a seleção anterior, e que teoricamente pode ameaçar a classificação brasileira. Conta com Falcão Garcia, James Rodríguez e o zagueiro Zúñiga, que no ano passado tirou Neymar da Copa do Mundo com uma entrada covarde por trás. Já o Brasil tem o próprio Neymar pendurado com um cartão amarelo e tenta se livrar da ideia de neymardependência.

ESTÁDIO MONUMENTAL, em SANTIAGO – 17.06.

21:00

Jefferson; Daniel Alves, MirandaThiago Silva e Filipe Luís; Fernandinho, Elias, William e Fred; Firmino e Neymar.

Técnico: Dunga.

Cartões: amarelos para Fernandinho, aos 32; Firmino, aos 41; Neymar (2º), aos 45.

Gols: cobrança de falta de Cuadrado, a defesa brasileira não tira e Murillo manda para as redes, aos 35, bola no canto direito.

Trocas: segundo tempo: Phillippe Coutinho vem para o jogo no lugar de Fred, na volta do intervalo; Douglas Costa vem para o jogo no lugar de William, aos 23; Diego Tardelli vem para o jogo no lugar de Elias, aos  30.

*

O primeiro tempo começou em alta velocidade imposta pela Colômbia, que passou vários minutos jogando no campo do Brasil, que começou meio atrapalhado como um todo. Quando conseguia pegar a bola a Seleção Brasileira tentava cadenciar. A cadência brasileira não inibiu a Seleção Colombiana, que seguiu atacando, cavou escanteios e faltas e numa dessas acabou saindo o gol colombiano. Aos 43 Cuadrado quase marca o segundo gol colombiano. aos 45 Neymar quase empata, mas no lance bate acidentalmente com a mão na bola, o árbitro interpreta como tentativa de fraudar o lance e lhe aplica injustamente o cartão amarelo que tira o melhor jogador brasileiro da partida de domingo contra a Venezuela.

O segundo tempo também começou em alta velocidade. Aos 2 minutos Neymar arranca em velocidade, entra na área e bate muito mal, desviado do gol, quase um cruzamento, e mesmo se fosse, não havia ninguém do Brasil entrando para finalizar. Aos 5 foi a vez de Cuadrado driblar todo o lado esquerdo da defesa brasileira e chutar cruzado; se a bola fosse no gol Jefferson não defenderia. Aos 9 Neymar cobra falta, bola mais atrasada para o goleiro do que outra coisa. Aos 12, numa lambança da defesa colombiana, Elias dividiu uma bola com o goleiro Ospina, ela sobra para Roberto Firmino que, sem goleiro, bateu por cima do gol. Tendo ainda que jogar contra o relógio, o time brasileiro passou a atacar sem muita coordenação, e atabalhoadamente. Aos 43 James Rodríguez faz jogada individual e bate cruzado, Jefferson não chegaria na bola, ninguém aparece eu para completar e a bola passou rente ao pé da trave esquerda. Depois do apito final, com uma confusão entre jogadores, Neymar e Baca receberam cartão vermelho.

O Brasil perde uma invencibilidade de 11 partidas com 11 vitórias desde a volta de Dunga ao comando técnico.

*

Arbitragem: Enrique Osses (Fifa/CHI), com Carlos Astroza (Fifa/CHI) e Marcelo Barranza (Fifa/CHI).

Público: 42.800.

Melhor do jogo: Cuadrado.


Your Comment