RSS

BRASIL 3 x 0 Bolívia

1ª RODADA da COPA AMÉRICA 2019

Depois do fiasco da Copa do Mundo, ainda sob o comando do técnico Tite e sem Neymar, cortado por lesão e envolvido em confusão por acusação de estupro, a Seleção Brasileira volta a uma competição oficial com a missão de melhorar a imagem e evitar mudanças em ritmo acelerado, já que ano que vem teremos retomada de Eliminatórias, para a Copa do Catar.

No MORUMBI – 14.06.

21h30

Formação que inicia a partida:

AlissonDaniel Alves (13), Thiago Silva (2), Marquinhos (4), Filipe Luís (6); Casemiro (5), Fernandinho (17), Philippe Coutinho (11); Richarlison (21), David Neres (7) e Firmino (20).

Primeiro tempo: o Brasil começa a partida empurrando a Bolívia para seu campo e causando grandes embaraços à defesa adversária. Só o Brasil jogou na primeira etapa, mas o domínio improdutivo fez com que a Seleção fosse vaiada no momento do apito final.

VAR: utilizado para confirmar fala de cartão amarelo sobre Thiago Silva.

As duas equipes voltam sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo: o Brasil novamente começa propondo o jogo. Chute fraco da entrada da área que Alisson pega no chão, sem problemas, aos 42. A segunda etapa também teve domínio total do Brasil, que não tomou conhecimento da Bolívia, o que não chega a ser novidade em se tratando de time que tem Marcelo Moreno no ataque.

VAR: utilizado para confirmar pênalti em favor do Brasil aos 2 minutos.

Cartões: segundo tempo: amarelo para Philippe Coutinho, aos 20.

Gols: segundo tempo: Philippe Coutinho cobrando pênalti coloca a bola o canto inferior direito, aos 4; jogada do ataque brasileiro, Firmino lançado na direita por Richarlison faz cruzamento por cima, a bola atravessa a área e do outro lado Philippe Coutinho de cabeça completa para as redes, aos 7; Éverton faz jogada individual na esquerda, puxa para o meio e bate de pé direito, tiro cruzado que escapa completamente do alcance de Lampe, entrando no canto esquerdo, aos 39.

Trocas: segundo tempo: Gabriel Jesus (9) vem para o jogo no lugar de Roberto Firmino, aos 19; Everton (19) vem para o jogo no lugar de David Neres, aos 35; Willian (10) vem para o jogo no lugar de Richarlison, aos 38.

*

Arbitragem: Nestor Pitana (Fifa/ARG), auxiliado por Hernán Maidana (Fifa/ARG) e Juan Pablo Belatti (Fifa/ARG).

Público: pagante 46.615; total 47.260; renda R$ 22.476.30.

Melhor do jogo: Philippe Coutinho.

V= 1/ D= / E=


Your Comment