RSS

Brasileirão 2018 – 2

Eliminado do Gauchão e depois da Copa do Brasil, o Colorado tem o treinador blindado pela direção e aposta todas as fichas no Brasileirão com o objetivo único de não cair novamente para a segunda divisão. Depois de uma vitória na primeira rodada, vai agora para uma maratona de jogos complicados contra candidatos ao título, começando fora de casa.

No PACAEMBU – 22.04.

16h

PALMEIRAS 1 x 0 INTER

Gols: Diogo Barbosa faz cruzamento à meia altura da esquerda, e quase dentro da pequena área Dudu cabeceia sem sair do chão para marcar, aos 39. Segundo tempo:

*

Primeiro tempo começando com o Inter tomando a iniciativa como se estivesse no Beira-Rio. Jogada do ataque colorado que Jailson tira quase de cima da linha, aos 4. Chute de Pottker da entrada da área que Jailson espalma para o lado, no meio do gol, aos 5. Borja cabeceia por cima do gol uma bola que Danilo Fernandes dá rebote após defender chute cruzado de Keno, aos 14. O jogo é bastante disputado, mas também muito truncado por conta das jogadas ríspidas que acontecem a todo momento. O resultado ao final do primeiro tempo não fez justiça ao que as duas equipes jogaram. O gol palmeirense aconteceu em função de um erro de posicionamento da defesa colorada, sendo que Danilo Fernandes já havia cometido algumas falhas. Apesar do ímpeto ambicioso do começo de partida o Inter não teve forças, nem criatividade para se impor o suficiente para evitar a reação do time de Roger Machado, que mesmo jogando em casa não fez mais do que se aproveitar de uma falha do adversário.

O Inter volta com Damião no lugar de Nico para o reinício de partida. O Palmeiras não muda.

Segundo tempo repetindo no começo a mesma dinâmica do começo do primeiro: o Inter tentando atacar e o Palmeiras na espera. Jogada de Patrick na esquerda que termina com cruzamento por cima, cabeceio de Damião e defesa de Jailson com os pés, mandando a escanteio, aos 11. Jogada do ataque palmeirense que termina com chute de Lucas Lima da entrada da área que vai no pé da trave direita com Danilo Fernandes batido, aos 19. Com as entradas de Damião e depois D’Alessandro o Inter melhorou muito em relação a ele mesmo no primeiro tempo. O Palmeiras continuou não jogando nada até o final mas conseguiu garantir a vitória.

Resultado que de momento deixa o Palmeiras em quarto e o Inter em oitavo.

*

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CBF/RJ), com Michael Correia (CBF/RJ) e Silbert Faria Sisquim (CBF/RJ).

Como sempre, o árbitro dá várias demonstrações de incompetência ao economizar nos cartões e não coibir as jogadas mais violentas, ao menos no primeiro tempo. Está dando corda demais para os jogadores. O primeiro cartão saiu para Iago aos 37 minutos da primeira etapa em uma jogada que até nem seria para cartão. Aos 28 da segunda etapa o Inter foi prejudicado por um erro de arbitragem, no caso, do assistente Silbert Sisquim, que assinalou um impedimento inexistente de Leandro Damião, que inclusive chegou a marcar o gol.

Público: pagante 23.236; total 25.504; renda R$ 717.950,00.

Melhor do jogo: Bruno Henrique.


Your Comment