RSS

Brasileirão 2019 – 10

Depois da derrota no jogo de ida da Copa do Brasil que coloca o time na obrigação de uma vitória nem que seja nos pênaltis para seguir em frente na competição, o técnico Odair Hellmann coloca time reserva para a reestreia no Campeonato Brasileiro jogando contra um adversário que em casa normalmente oga com 12, por causa do gramado sintético.

Na ARENA da BAIXADA – 14.07.

16h

ATHLETICO-PR 1 x 0 INTER

*

Primeiro tempo: começando com estudos de ambas as equipes. Chute de Rafael Sóbis da intermediária que o goleiro Santos pega no meio do gol, no chão, aos 13. Jogando com formação praticamente reserva, apenas Lomba e Nonato de titulares, o Inter está sendo empurrado para seu campo pelo Athletico. Marcelo Cirino lançado em velocidade ganha de Natanael e de dentro da área bate cruzado da direita para defesa de Lomba, mandando para escanteio, aos 16. Duas intervenções seguidas de Lomba, salvando o Inter, aos 17. O Athletico cava muitas faltas no entorno da área coloradas, enquanto o Inter acusa a falta de entrosamento do time. Chute fraco, cruzado, de Rafael Sóbis, da intermediária, que Santos pega no chão, aos 46.

As equipes voltam sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo: a dinâmica segue a mesma do final da primeira etapa. Cruzamento de Sarrafiore da direita, a bola chega em Trellez, mas Santos faz intervenção importantíssima a seus pés, aos 9. Chute fraco de Rithelly da entra da da área que Santos pega sem problemas no meio do gol, aos 29. Os dois times jogaram pouco no segundo tempo, mas o Inter melhorou em relação a si mesmo. O Athletico foi pragmático, não mudou seu jeito de jogar e chegou à vitoria num lance fortuito.

Gols: segundo tempo: chute cruzado rasteiro de Vitinho, bola no canto inferior esquerdo de Lomba, aos 43.

Resultado que mantém o Inter na 4ª posição, podendo perdê-la ao final da rodada.

*

Árbitro: Braulio da Silva Machado (Fifa/SC), com Kleber Lúcio Gil (Fifa/SC) e Helton Nunes (AB/SC).

Público: pagante …………………; total 14.063; renda R$ 321.805.

Melhor do jogo: Bruno Guimarães.


Your Comment