RSS

Archive for the ‘Minha Lavra’ Category

junho 14th, 2015 - 11:50 § in Minha Lavra

Lento Avanço

 NOVA CONFISSÃO dos NÚMEROS A brincadeira de estabelecer uma meta de postagens até o final do ano ao mesmo tempo que é brinquedo é um desafio que exije alguma dedicação. Dedicação e persistência. Às vezes é complicado saber o que é mais difícil: escrever três posts por dia (o que po[...]

Maio 30th, 2015 - 12:47 § in Minha Lavra

Mais Confissões

NÚMEROS SINCEROS Uma outra coisa que vem me deixando enlouquecido é a questão da média de postagens por dia. Está complicado de baixar de 2,80. Eu provavelmente venho escrevendo uma média de três posts por dia, que ficam diluídos nos dias em que lanço apenas um e nos dias em que lanço mai[...]

Maio 28th, 2015 - 13:28 § in Minha Lavra

Avançado

Os NÚMEROS FALAM Eu mal acordei e tomei café e a manhã já está passando a mil. Sempre foi fácil entender por que o turno da manhã é o melhor de todos para quem faz turno de seis horas. Ah, tem que levantar cedo, no inverno, limita demais o que se pode fazer à noite, […][...]

Maio 14th, 2015 - 13:12 § in Minha Lavra

Tranquilo

ADIANTADO e AVANÇANDO Somando as publicações do futebol, ontem fiz a postagem de sete textos. Pelo menos dois (os referentes ao jogo do Inter) poderia ter deixado para largar no início da madrugada de hoje, mas usei o artifício do agendamento para liberá-los às 23:59 de quarta. Se não tivess[...]

agosto 9th, 2013 - 16:06 § in Minha Lavra

Uma Composição

ATÉ DEU SAUDADE Convidado por um professor a escrever sobre meu último período de férias, em vez de consultar meu alfarrábios digitais (porque está tudo relatado no meu blogue), fui direto na velha e boa CTPS, que me deu resposta instantânea. Mesmo com a convicção de que quando solicitou a [...]

julho 11th, 2012 - 8:45 § in Minha Lavra

Sem Rumo Pt.2

Segundo trecho de um exemplo de diálogo que parte de coisa alguma vai a lugar nenhum, mas que eu gostei de ter escrito e gosto de ler. –  Roberto colocou o carro em movimento e disse a ela: – Não perguntei, você está com fome? Marisa olhou para ele, mais uma vez, e mais uma [&hellip[...]

julho 10th, 2012 - 8:36 § in Minha Lavra

Sem Rumo Pt. 1

Primeiro trecho de um exemplo de diálogo que parte de coisa alguma vai a lugar nenhum, mas que eu gostei de ter escrito e gosto de ler. – Marisa estava sentada em uma sala da delegacia com dois sentimentos dentro de si, que ela não sabia como administrar. Um era a raiva que sentia por [&hell[...]

dezembro 24th, 2011 - 12:22 § in Minha Lavra

Feliz Natal!!!!!

E OBRIGADO a TODOS Uma pessoa importante me disse ontem que tenho o dom de saber usar as palavras. Na visão dela, quando começa a ler alguma coisa que escrevi dá vontade de ir até o fim. A generosidade campeia no coração daquela pessoa. Uma outra diz que é sempre bom ler o meu blogue, [&helli[...]

Março 16th, 2010 - 10:33 § in Minha Lavra

Cap. 40 – Pt. 3

      – Bom… – murmurou. – Eu concordo com Virgínia… Está sendo uma noite difícil para todos nós… Antes… antes de virmos para cá, Marjorie e eu estávamos jantando… conversamos sobre você, sobre as impressões dela… – ele fez uma[...]

Março 15th, 2010 - 11:31 § in Minha Lavra

Cap. 40 – Pt. 2

      – Eu nunca tive medo de perder Mônica. Nunca pensei em dizer a ela o que acabei de lhe dizer, agora.       – Mas gostaria de ter tentado.       – Acho que sim. Não preciso negar isso, né?       – De jeito nenhum.        – Isso não a i[...]

Março 14th, 2010 - 8:36 § in Minha Lavra

Renascendo – Cap. 40 Pt. 1

      – Ainda bem que eu não vi o que aconteceu… – murmurou Miranda. – Mas você viu… – ela olhou para Augusto.       Ele percebeu os olhares de Mônica e Ernesto também em sua direção. Não sentiu vontade de falar.       – Há alguma cois[...]

Março 13th, 2010 - 7:44 § in Minha Lavra

Cap. 39 – Pt. 2

      Sim, ela percebia. Com intervalo de alguns dias, apenas, era a segunda vez que ele se envolvia numa briga, não tanto para defendê-la, como na vez anterior, mas em duas ocasiões a tinha visto com alguma segurança empunhando uma arma, e certamente não era o que ele esperava de uma namo[...]

Março 12th, 2010 - 8:51 § in Minha Lavra

Renascendo – Cap. 39 Pt. 1

      Augusto estava quase o tempo todo calado.       Participava das conversas, mas tinha passado por sua cabeça que a irmã de Mônica logo estaria por ali e com ela, muito provavelmente, Geraldo. Seu primo seria pego de surpresa pela presença de Helena, e também pela dos sobrinhos, e[...]

Março 11th, 2010 - 8:11 § in Minha Lavra

Cap. 38 – Pt. 4

      Ela abriu uma das mãos, espalmada, à sua frente.       – Eu não quero fazer isso. – falou, com calma. – Sei que você não quer ferir estas pessoas… Por favor, coloque a arma no chão. A Policia já está chegando…       Márcio parou, olhando pa[...]

Março 10th, 2010 - 8:28 § in Minha Lavra

Cap. 38 – Pt. 3

      – E eu quero entrar na casa. Vocês colaboram comigo, eu colaboro com vocês.       Fabiano não acreditou naquilo O homem sabia que eles chamariam a Polícia, quando fossem embora.       – Olha, cara, eu tenho filho pequeno. – falou, mentindo.       ̵[...]

Março 9th, 2010 - 8:57 § in Minha Lavra

Cap 38 – Pt. 2

     – Formaram uma comissão, essa foi boa. – Miranda tornou a rir. – Legal, e agora, o que vamos dar para estas crianças?       – A Rúbia sabe o que dar a elas. – disse Valéria.       – E você não estava se metendo, você estava na conversa. &[...]