RSS

(con)Venceu de Novo

MAS PODE MELHORAR

Como não poderia deixar de ser, o Grêmio começa tentando propor o jogo. O Fluminense fazendo seu jogo pressionando desde o início, numa falha de Geromel que errou um chute e mandou a bola para escanteio, chegou ao seu gol muito cedo na partida. A bola aérea no primeiro pau seria do goleiro, mas Marcelo saiu mal do gol e não alcançou a bola. O Grêmio não pareceu acusar o golpe e continuou saindo para o ataque.

Tanto saiu que conseguiu o gol de empate ainda antes da metade do tempo de jogo. Até então estava jogando mais, e um toque de bola entre Luan, Arthur e Lucas Barrios não deixou dúvida de que Arthur é um grande jogador, pois quando Cavalieri cresceu na sua frente ele não se apavorou. Tirou o goleiro da jogada e fez o gol. Merece ser titularíssimo do time.

Ao final do primeiro tempo o jogo estava relativamente equilibrado, porém o Grêmio estava correndo alguns riscos. Ao perceber que o adversário estava meio acomodado, já esperando pelo final do tempo de jogo, o Fluminense ensaiou uma blitz nos últimos minutos. A rigor nenhuma das duas equipes teve grande oportunidades além dos gols marcados, porém foi o Grêmio quem esteve mais perto de desempatar.

Muitos erros nas finalizações. Desta vez Luan está no jogo desde o começo; Pedro rocha ainda perdeu mais um gol antes do final do primeiro tempo. Destaque para Arthur, que foi o melhor jogador do primeiro tempo. Além do gol, acertou 48 dos 52 passes que fez.

No reinício de partida o Fluminense voltou mais ligado, com mais posse de bola, empurrando o Grêmio para seu campo e obrigando Marcelo Grohe a trabalhar. Com dez minutos de jogo Cavalieri ainda não viu a bola de perto. A questão é que quando resolveu jogar o Grêmio foi arrasador, fazendo dois gols muito em seguida, acabando com o Fluminense, que depois do terceiro voltou a tentar esboçar reação.

Abel colocou atacantes para ver se conseguia alguma coisa. Renato tirou um atacante e colocou um volante. A ideia é segurar o resultado nos últimos minutos. O Grêmio fica com Michel, Arthur, Jailson e Ramiro fechando o meio. Na frente ficaram Luan e Everton, que não entrou no jogo. E depois entrou Fernandinho.

Tanto Lucas quanto Arthur saíram ovacionados de campo. O garoto volante se credencia a titular absoluto no time, para jogar ao lado de Michel, quando o capitão voltar. O Grêmio leva para o jogo de volta uma vantagem expressiva de poder perder por até um gol de diferença com qualquer placar, dia 31.


Your Comment