RSS

Confirmou de Novo

PARA VARIAR, com SUSTO

A surpresa da partida aconteceu antes do início, com a informação de que Arthur ficou no banco e Maicon começou jogando. A partir daí a expectativa fica por conta do comportamento do Godoy Cruz, que precisa reverter o resultado de derrota do começo do mês passado. O Grêmio às vésperas de perder Luan para o futebol europeu.

O Godoy surpreendeu, botando uma pressão que fez efeito e conseguiu um gol numa falha feia de Marcelo Grohe. A bola foi em cima dele, que estava um pouco adiantado, mas mesmo assim tocou na bola. O Grêmio começou a partida um pouco sonolento, deixando o adversário jogar mais do que necessário. Depois de sofrer o gol o time acordou. Passou a jogar um pouco mais, porém com muitos erros de passe.

Uma coisa que ficou complicada de entender foi por quê o Grêmio estava com pressa no jogo. O Godoy fez cera técnica desde o começo da partida, retardando os reinícios de partida, o que seria aos interesses do Grêmio. Era de se permitir que fizessem antijogo. Mas o time estava nervoso, errando muito. Depois do gol começou a jogar mais um pouco e chegou ao empate depois de uma outra falha, desta vez do goleiro Burian, que bateu roupa numa bola que eu até achei que já tinha ido para fora, quando ele tocou nela.

Como última análise do primeiro tempo, ficou complicado também de entender por quê o treinador gremista mexeu no time, tirando Arthur e dando chance a Maicon de começar a partida. Mexeu num setor do time que vinha funcionando muito bem. Ficou estranho.

No segundo tempo o Godoy Cruz ficou em cima do Grêmio, que pareceu atrapalhado nos minutos iniciais, mas isso favoreceu a jogada de contra-ataque que culminou no gol da virada. A jogada começou com um desarme de Pedro Geromel no campo de defesa, e a arrancada que o redimiu de alguns percalços do primeiro tempo. Depois funcionou a visão de jogo de Luan e a presença precisa de Pedro Rocha no lugar certo, na hora certa. nos minutos.

A exemplo do jogo de ida, em Mendoza, o time do Godoy não perde a oportunidade de abrir o sarrafo quando precisa. Depois do segundo gol o Grêmio recuperou a capacidade de toca de passes e passou a tomar conta do jogo.

.


Your Comment