RSS

Copa do Brasil 2017 – 5

4ª FASEJOGO de IDA

Confronto clássico entre duas equipes que estão embaladas pelas classificações para as semifinais de seus respectivos campeonatos regionais. O visitante vem sem dois de seus principais jogadores, o que desequilibra, já que o mandante joga diante de sua torcida com aquela que é considerada sua forma máxima.

No BEIRA-RIO 12.04.

21h45

INTER 1 x 1 CORINTHIANS

Gols: segundo tempo: jogada de ataque pela direita, sai o cruzamento de Arana, da esquerda, bola rasante que atravessa a área e é mandada para as redes por Romero, do outro lado, aos 7; escanteio cobrado curto no lado direito, cruzamento de Nico López e Rodrigo Dourado vindo de trás, sem, sair do chão, cabeceia no canto inferior direito de Cássio, aos 11.

*

Primeiro tempo começando com pressão do Corinthians, que segurou o Inter no campo de defesa por quase 1 minuto. Chute de Edenilson que passa rente ao pé da trave esquerda do gol de Cássio a 1 minuto; Romero receba bola dentro da área e duas vezes seguidas bate em gol, para duas defesas milagrosas de Marcelo Lomba, aos 3; jogada de ataque do Inter, é a vez de Cássio fazer defesa importante quase à queima-roupa, aos 8; Edenilson dá um balão para a área, a bola escapa de Cássio, vai na trave direita e sobra para Nico, que fura com o gol quase escancarado, aos 19; jogada de ataque pelo lado esquerdo, sai o cruzamento, a defesa colorada se atrapalha e Maycon da entrada da área chuta forte, com Marcelo Lomba operando outro milagre, mandando a bola para escanteio, aos 31; cruzamento de William, bola caindo na área, onde Brenner estava para cabecear e Cássio fazer defesa no canto direito, aos 35; mais um cruzamento de William, mais um cabeceio de Brenner, desta vez por cima do gol, aos 37.

As duas equipes voltam sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo começando com a mesma dinâmica do primeiro, com as duas equipes propondo o jogo. Vadívia lançado na área pelo lado esquerdo, entorna Balbuena e cruza rasteiro, Carlos chega atrasado e por pouco não desempata, aos 28; Giovanni Augusto lançado em velocidade ganha do zagueiro e de dentro da área chuta à queima-roupa, sendo milagrosamente bloqueado por Marcelo Lomba, que salva o gol, aos 30; jogada do ataque corintiano que termina com chute de Rodriguinho de dentro da área e mais uma grande defesa de Lomba, aos 43.

O Corinthians larga em vantagem para o jogo de volta.

*

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa/RJ), com Luiz Cláudio Regazone (CBF/RJ) e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha (CBF/RJ).

O primeiro tempo teve tentativa dos jogadores de ambos os times de influenciar a arbitragem por conta de faltas violentas de ambos os lados, mas ele foi firme e mostrou todos os cartões amarelos que tinha que mostrar, o que acalmou os ânimos e deu a letra de quem é que manda na partida. Entretanto, ele está errando ao não amarelar o goleiro Cássio, que abusa da cera técnica a cada vez que vai bater tiro de meta. E ao final do primeiro tempo deu apenas um minuto, com todas as paralisações por conta dos cartões e mais a cera. No segundo tempo continuaram a cera do goleiro e a complacência do árbitro. No final, ele deu quatro minutos de tempo adicional.

Público: pagante 34.370; total 37.159; renda R$ 1.019.637,50.

Melhor do jogo: Marcelo Lomba.


Your Comment