RSS

Derrota no Script

DESCONHECIDOS

O técnico Renato colocou um time para lá de reserva em campo contra o Sport, que vem da demissão do técnico Ney Franco. Apesar disso o Grêmio abre cedo o placar na Ilha do Retiro, o que provoca forte reação do Sport, que parte para cima e começa a empurrar o adversário para seu campo. O Grêmio chegou a marcar um segundo gol, mas foi anulado por impedimento de Bressan.

Logo depois aconteceu o segundo gol válido, debaixo de muita chuva e a torcida do Sport começou a se impacientar com o time. O goleiro Léo fez pequenas e rápidas intervenções ao longo da primeira meia-hora de jogo, com a primeira defesa importante acontecendo apenas aos 28 em lance em que a defesa gremista falhou numa bola alçada na área.

E pouco depois a zaga gremista falha de novo, desta vez numa bola baixa, e André desconta, recolocando o Sport no jogo. O Grêmio se apresenta com três zagueiros e dois alas, mas o esquema não está dando muito certo. O time recifense cresceu na partidas enquanto Everton, Careca e Fernandinho parecem ausentes demais do desenrolar das ações.

Apesar da reação, as coisas não estão boas para o Sport, porque Rogério e Rithelly discutiram fortemente, ao ponto de o árbitro adverti-los verbalmente.

No segundo tempo o Sport voltou muito mais animado, procurando o gol, o que alcançou depois de levar grandes dificuldades à defesa gremista, com Léo tendo que fazer importantes defesas em sequência. A bola aérea mais uma vez vitimou a zaga Tricolor. Diante da falta de retenção de bola na frente, Renato tirou Nicolas Careca, que não deu nenhuma contribuição ao time, e colocou um volante, para tentar dar mais consistência ao sistema defensivo.

Logo em seguida Renato troca um atacante por outro, tirando Everton, provavelmente por cansaço. Pouco depois o Sport virou o jogo com justiça, pois foi quem mais jogou. Depois foi a vez de Bruno Rodrigo sair para a entrada de mais um atacante. O fiasco só não foi maior, depois do quarto gol do Sport. porque Fernandinho cobrou um tiro de meta, bola alta no canto esquerdo, na cobrança de pênalti, indefensável.

O resultado de derrota era previsível, diante da circunstância de ser um time que nunca jogou junto, num esquema que o treinador não costuma utilizar. Mesmo com treinador interino à beira do campo o Sport é um time que já se conhece há mais tempo. Fora do normal seria se o resultado favorável ao Grêmio no final do primeiro tempo se confirmasse também ao final da partida.

Agora que venha o Fluminense pela Copa do Brasil, na quarta-feira.


Your Comment