RSS

Dia 105 – 2018 / Semana 16

domingo

Horário da Postagem

09h26min

Temperatura máxima voltando a mostrar sinais de recuperação; mínima em rigorosa estabilidade, a 18°Celsius; a chuva continua na previsão, com céu apresentando parcial nebulosidade; umidade relativa ainda estável em alta com variação de 60 a 69%; a madrugada teve ar gelado e a intensidade do vento segue em quadro de estabilidade a 29 km/h. Dados do site Tempo Agora.

-Bom, então acontece um daqueles raros dias em que estamos os dois de folga em casa, mas pelo fato de eu estar em férias, não por coincidência de escalas de trabalho, já que meu normal é trabalhar aos sábados e domingos. Por isso, sequer cogitei a ativação do Sleep Better.

Como fomos dormir por volta das 23h, cedo estávamos de pé, mais ela do que eu, que só despertei de verdade após as 7h30.

Hoje vamos à casa dos meus pais numa visita tipo de médico (das antigas, porque nos dias atuais o médico só vai em casa em caso de atendimento de emergência e assim mesmo quase pela hora da morte do paciente).

Mencionei ontem, aqui, a leitura do artigo de Paulo Gleich na ZH de final de semana e sobre isso tenho a dizer que erro comigo mesmo quando deixo de escrever sobre como algumas ideias se formam na minha mente quando estou, por exemplo, andando na esteira. Erro não só pela perda do processo de raciocínio, mas também pela não descrição do que fiz naquele dia. Quando só publico o quadro do tempo e as estatísticas do Sleep Better estou negando a mim mesmo um registro do meu pensamento e de como a vida está se desenvolvendo no dia a dia.

Concordo com a Lisiane: eu poderia escrever mais.

O aparecimento de uma lesão por esforço repetitivo, a epicondinite, foi só o ápice de uma situação de desconforto que eu já vinha há tempos sentindo, que me fazia sentir “preguiça” de escrever (no caso, digitalizar textos). Os rascunhos são escritos à mão, e à mão eu sou destro.

São vários os pensamentos passando pela minha cabeça, inclusive sobre coisas que não têm a ver com o meu dia a dia pessoal, mas com o dia a dia da vida, que eu deixo de mencionar e de mostrar como encaro.

Eu gosto de mudanças lentas, que vêm de dentro.

Para visualizar as fotos do quadro do tempo acesse o link Quem Vai Querer Saber™, lá embaixo. Será redirecionado para um álbum no Facebook.


Your Comment