RSS

Dia 109 – 2019

 

sexta

Hora da Postagem

09h04min

Em Porto Alegre o dia mais uma vez começou bem nublado, e a chuva persiste na expectativa da meteorologia; a temperatura máxima teve ligeiro recuo, oscilando de 20 a 28°; a umidade relativa volta a subir, mesmo sem a presença da chuva, atingindo marcas entre 89 e 95%; a mínima teve queda, com variação de 13 a 19°Celsius; o vento ganhou um pouco de força, mas ficando ainda longe de assustar, com movimentação entre 12 e 23 km/h. No momento desta publicação, 18°. Dados de aplicativos e clima para celular (Yahoo Tempo, Accu Weather, GoWeatherForecast, Tempo Agora, Radar Meteorológico).

²

Bom, então tem acontecido que de uns tempos para cá, depois que baixei o aplicativo de contagem de passos por dia tenho eventualmente dado umas caminhadas, e ontem foi uma delas, na volta da dentista. Para ir, fui de ônibus, mas na volta vim a pé. Coloque como meta diária o número de 8.000 passos, dos quais passo sempre muito longe, mas ontem, por exemplo, foram 12.099 passos. Outro dia, quando fui ao tabelionato da Otto, ida e volta foram mais de 9.000 passos.

A consequência disso é que tenho sentido falta da esteira. Vou ter que dar um jeito de providenciar o conserto.

¹

Hoje é Sexta-Feira Santa.

O dia tem todo um simbolismo aliado ao domingo de Páscoa, a ressurreição de Cristo, etc, uma data que não é fixa, para começar, e eu acho muito estranho que num dia sagrado (ou assim postulado pela Igreja Católica) os supermercados e alguns outros comércios funcionem normalmente. E tem aquela coisa de não se comer carne. Eu fiz meu café com arena e comi mortadela de frango, como sempre, para nem falar em patê de fígado, e tenho certeza de que não vai fazer a menor diferença na minha vida.

Sempre achei uma hipocrisia as pessoas passarem o ano fazendo as maiores barbaridades por todas as razões imagináveis e depois acharem que uma penitência de um dia vai absolvê-las de tudo (falando naqueles, como eu, que não frequentam igrejas nem participam de rituais de quaisquer crenças criadas e exploradas pelos homens).

Continuo apostando na filosofia pessoal de conscientemente não fazer mal nem a mundo, nem às pessoas, independente do que eu coma ou deixe de comer.

Se quiser visualizar as fotos do quadro do tempo acesse o link Quem Vai Querer Saber, lá embaixo. Será redirecionado para um álbum no Facebook.


Your Comment