RSS

Dia 111 – 2019 / Semana 17

domingo

Hora da Postagem

10h11min

Em Porto Alegre a mínima segue estável, com variação de 17 a 19°Celsius; o vento tem alguma variação, mas ainda pode ser considerado fraco, com rajadas entre 5 e 18 km/h.; o dia começou nublado com chuva, mas a expectativa é de que ela se dissipe ao longo da tarde; a temperatura máxima volta a pegar o elevador para baixo, oscilando de 23 a 24°; a umidade também tem expectativa de grande variação, atingindo marcas entre 86 e 94%. No momento desta publicação, 22°. Dados de aplicativos e clima para celular (Yahoo Tempo, Accu Weather, GoWeatherForecast, Tempo Agora, Radar Meteorológico).

Há coisas que a gente conscientemente deixa de fazer e há aquelas que fogem ao nosso controle.

Por exemplo, ontem à noite eu pensei em vir ao escritório e fazer exatamente o mesmo que fiz na noite de quarta-feira, quando o Grêmio confirmou o título de Campeão Gaúcho. Naquela noite, por ter ficado ouvindo entrevistas até as 2 da manhã, aproveitei e deixei todo o post montado, texto pronto, quadro do tempo, montado, bastando apenas colocar os dados e publicar.

Isso não me tomou mais do que dez minutos, e depois passei boa parte da manhã de quinta e um pedaço da tarde olhando filmes.

Pensei em fazer a mesma coisa, ontem, para poder olhar filmes desde cedo, no domingo, aproveitando, primeiro, que estou em casa de folga, e segundo, que não tem futebol do meu interesse para interromper a audiência. Nem o Sala de Domingo eu vou querer escutar, já que será um programa de comentários tardios por um lado, (falando do Gauchão) e especulativos de outro (projetando os jogos de Libertadores do meio da semana).

Hoje eu conscientemente poderia ter ganhado tempo se tivesse feito o que pensei em fazer. E por que não fiz?

Porque fiquei olhando filmes, e depois, antes de dormir, montei o costumeiro pote de sorvete zero açúcar com iogurte desnatado, com granola zero açúcar e meia banana, o que me consome cerca de quarenta minutos até terminar de comer (fazendo palavras cruzadas), e aí já eram quase 23 horas e a preguiça falou mais alto.

Se fosse montar um texto como pensei, talvez escrevesse mais um pouco, quem sabe, sobre livros de autoajuda, que é um tema que eu gosto, junto com a física quântica, mas aí não teria escrito apenas um texto, seriam no mínimo dois.

Isso foi o que conscientemente deixei de fazer.

O que fugiu ao meu controle, e que é a causa de eu estar bastante atrasado na produção deste post (além do tamanho do texto, claro), foi que o Sleep Better hoje cedo me despertou às 07h19, onze minutos antes do previsto, porque me mexi na cama, o que por um lado foi bom, mas eu não contava com a dor de barriga que me consumiu quase meia-hora de molho no banheiro. Assim, do nada.

Para depois eu montar meu café com arena, para depois montar duas garrafas com chá de insulina, para depois vir para cá montar este post. E eu ainda nem fiz as fotos do quadro do tempo. Os relógios já deram 9 horas e eu ainda estou na correria. Menos mal que uma parte do post já está pronta desde o dia anterior, que é o primeiro parágrafo (peguei o costume de já deixá-lo pronto no momento em que libero o post do dia, adiantando o rodízio dos dados do tempo).

E ainda assim é quase certo que vou cometer erros na hora da publicação. Como acontece na maioria das  vezes, vai dançar a produção do texto extra mencionado no parágrafo anterior.

  Para a criação deste texto foram utilizadas 7 tiras de sobras de papel de comprovantes de pagamento pela internet. Na verdade, agora 8. Foi uma boa média, com a vantagem de que o canto da mesa continua livre de papelada.

Se quiser visualizar as fotos do quadro do tempo acesse o link Quem Vai Querer Saber, lá embaixo. Será redirecionado para um álbum no Facebook.


Your Comment