RSS

Dia 144 – 2019

sexta

Hora da Postagem

09h33min

Em Porto Alegre o dia começou com nebulosidade forte e a chuva permanece no quadro do tempo; a velocidade média do vento segue variando em aceleração, com movimentação entre 3 e 19 km/h; a expectativa de temperatura máxima tem ligeiro recuo, com variação de 17 a 19°; a umidade relativa segue em alta, oscilando entre 88 e 93%; a temperatura mínima se mantém estável, na casa dos 14 a 16°Celsius. No momento desta publicação, 17°. Dados de aplicativos de clima para celular (Yahoo Tempo, Accu Weather, GoWeatherForecast, Tempo Agora, Radar Meteorológico).

Bom, então aconteceu que depois de praticamente um mês de uso (26.04.), em que já rodamos quase 2.000 km (mesmo tendo ficado de molho alguns dias, durante as férias, que infelizmente terminam na semana que vem), já dá para fazer algumas comparações, ou medições, sei lá, sobre o desempenho da Big Toy.

Com ela j[a fizemos duas viagens a Nova Petrópolis, algumas idas e vindas a Guaíba, e ontem fomos  Arroio dos Ratos. As idas e vindas de Guaíba são feitas praticamente num retão, as curvas são bem abertas, em terreno plano, assim como a ida ao Rato. Muita aceleração, com algumas ultrapassagens e frente livre, muito contrário da subida à serra, que, para começar, é subida, e cheia de curvas e pouca visibilidade de longo alcance para ultrapassagens, em especial quando se pega caminhões pela frente.

Depois da segunda ida a NP, ida e volta com bastante carga de bagagem, a BT ficou marcando consumo médio de 10,8 km/l. Esta marca permaneceu inalterada até ontem, quando abastecemos e tivemos que dar umas voltas no Centro Histórico, com todos os arranca e para, e baixas velocidades. Quando finalmente conseguimos pegar a Castelo Branco a marca era de 5,4 km/l. Fiquei cuidando a redução de consumo ao longo da viagem, que foi uma aceleração só, com poucos trechos cumpridos a 60 km/h, por causa do movimento da estrada.

Chegamos a AR com uma média de 11,1 km/l. Boa, mas eu achava que poderia cair ainda mais.

Na volta, depois do jogo do Inter, com a estrada relativamente vazia, e muita chuva, chegamos em casa com uma média de 12,3. Como o carro ainda está descobrindo a vida e o motor ainda amaciando, acredito que esses números ainda vão mudar e melhorar.

Como a Lisi falou, num retão como a Freeway e a BR 101, poder-se-á chegar perto de 15, 16 em velocidade constante. Na situação de ontem, o ar condicionado foi dispensado, ficamos só no ar quente/frio, com o carro praticamente sem carga.

Até o motor ficar redondinho como estava o da Marau os números poderão melhorar bastante. Vai depender do tempo que a Big Toy vai estar em nossas mãos.

Mas isso é uma outra historia.

Se quiser visualizar as fotos do quadro do tempo acesse o link Quem Vai Querer Saber, lá embaixo. Será redirecionado para um álbum no Facebook.


Your Comment