RSS

Dia 160 – 2016

quarta

Horário da Postagem

08:02

Ventos de 41 km/h puxam para baixo uma sensação térmica que já parte de uma mínima de C.

08.06

Fiquei bem contente com a minha compra nova que foi entregue ontem. O gurizinho da montagem terminou o serviço pouco depois do meio-dia quando eu já estava me preocupando com a questão do horário de silêncio. Com o roupeiro vazio ainda foi possível movê-lo para uma posição na parede que livrava o canto da janela e a tomada de luz. A tomada de telefone ficou escondida, mas ali nunca houve e nunca haverá telefone enquanto eu estiver ocupando o apartamento.

Houve um problema com a porta central, que se move tanto para a esquerda quanto para a direita, e não estava indo até o final do trilho em ambos os lados por causa dos acabamentos que escondem os parafusos que fixam as laterais e a frente, para o quadro de estabilidade do armário. Ao não ir até os finais dos trilhos, prejudicava a abertura das gavetas. Não tive muita dúvida em destruir as coberturas dos acabamentos, uma vez que aqueles pontos não são visíveis olhando de fora. Eram três pontos em cada lado. Também troquei alguns parafusos mais salientes por outros de cabeça reta.

Melhor meter a mão do que ficar reagendando visita para corrigir o que deu errado.

Essas coisas eu fazia enquanto rolavam os intervalos dos programas da tarde na televisão, sendo que o N.C.I.S. New Orleans foi um episódio que na vez anterior eu havia perdido o começo, então logo que identifiquei o filme, parei de ver. A aí a internet de casa já havia voltado, que maravilha.

O final da tarde foi de algumas postagens e montagens de fotos. Vi o vareio que o Brasil-PEL levu do Criciúma, 3 x 0, com folga  e mérito do time catarinense. O Brasil está cansado, eu acho. Depois assisti ao primeiro tempo de Estados Unidos e Costa Rica, na Copa América. Ao final do primeiro tempo já estava 3 x 0 para os norte americanos. Nos intervalos de N.C.I.S. eu ia colocando e olhando momentos do segundo tempo. Terminou 4 x 0. Muito justo.

Isso posto, hoje não vou ao supermercado pelo singelo fato de que haverá pão para o café de sexta. Depois do trabalho vou direto para casa. Tem umas coisas que tenho que fazer no BarraShopping, mas o balde a ser chutado na saída do trabalho será o da sexta-feira. Não sei bem o que vai rolar na tarde, mas está chegando a hora de retomar as leituras. No começo da noite tem o jogo do Brasil contra o Haiti, e depois tem o Criminal Minds Beyond Borders.

Este é o roteiro de quarta.


Your Comment