RSS

Dia 177

09:42

Com maior ou menor intensidade, dependendo do volume da pancada, não parou de chover desde o começo da manhã de ontem. No termômetro de parede, 19ºC parecem dar a pinta de que não vai mudar.

³

PRÉ-FÉRIAS

Com aquela chuva e aquele frio, de manhã cedo, bem capaz que eu desceria para pegar a ZH de hoje. Nem pensar.

Ficou para amanhã, quando eu tiver que sair para trabalhar, aí já pego as duas, de sábado e de domingo, deixando a leitura para o começo da semana, até porque, da segunda-feira em diante não preciso mais sair de casa cedo até o dia 21 de julho. Acordei cedo, 6:30, depois de 7 horas de sono em uma noite ótima para dormir, liguei a tralha eletrônica do quarto e fiquei na cama até perto das 8 horas, assistindo filmes. 

Que vidão vem pela frente! 

²

OUTRAS DUAS OPINIÕES

Depois de ter passado uma noite do cão por causa de tonteiras e náuseas, a relação que fiz entre o antiinflamatório e a ingestão de um pouco de vinho com a Pepsi não estava exatamente correta, mas também, não estive totalmente errado ao pensar em parar imediatamente de tomar aquela medicação.

Depois de uma rápida consulta com a médica de plantão da Procergs, quando ela sugeriu que meu problema pudesse ser uma labirintite, resolvi pegar mais algumas opiniões, e então consultei com o Dr. Google e com a Dra. Wikipedia.

Dr. Google me deu a dica de que o que às vezes é chamado de labirintite nada mais é do que uma vertigem, e explicou que vertigem é aquela sensação que a gente às vezes tem de que está com a cabeça rodando, ou de que o mundo parece estar rodando em volta da gente. Pode ter várias causas. Também ficou esclarecido que vertigem, tinturas e náuseas são, mesmo sintomas de labirintite, mas também me ficou claro que labirintite é uma doença rara, e geralmente acontece em função de uma outra doença. Ou ao menos foi o que entendi. 

Já a Dra. Wikipedia me deu uma luz quando informou que muitas vezes a vertigem pode ter como causa a reação a algum tipo de medicamento, e então eu resolvi dar uma olhadinha na bula do Nimesulida, o antiinflamatório que a dentista receitou depois das extrações de terça. Para começar, aquelas letrinhas da bula são um desastre. Desestimulam qualquer pessoa de sequer olhar para elas. 

Mas o que li ali me deu a certeza de que tinha feito o certo ao parar de tomar aqueles comprimidos. Segundo a bula, a Nimesulida é um medicamento que apresenta propriedades que combatem a inflamação, a dor e a febre. Esta é a parte boa. Mas em compensação a Nimesulida pode causar reações desagradáveis tais como: dor de cabeça, sonolência, tontura, urticária, coceira, icterícia, perda de apetite, dor de estômago, enjôo, vômito, diarreia, diminuição do volume urinário, urina escura, diminuição da temperatura do corpo, asma, entre outras (!).Podem ocorrer reações alérgicas. Ocorreram casos isolados de Síndrome de Stevens-Johnson e de hepatite aguda fulminante.

Santo remédio, Batman!

Para terminar, em outro ponto da bula está escrito que nas reações gastrintestinais são frequentes a diarreia, náusea e vômito, e que entre as reações dos sistema nervoso são a tontura e as vertigens

Considerando que posso ter sido brindado com uma dessas eventuais reações e vítima de outras mais frequentes da ingestão daquele medicamento, com base nas informações dos Drs. Wikipedia e Google, concluí por que passei longe da tal da labirintite, e a não ingestão da Nimesulida nas últimas 36 horas já me trouxe de volta ao estado normal.

¹

SONHAR NÃO CUSTA

Dias como o de hoje, escuros, com chuva e vento, me remetem imediatamente à ideia de ter um lugar fora da cidade para poder fugir, me refugiar. 

Antes eu pensava em Torres. Não nego que seria um paraíso poder estar num lugar onde houvesse uma área com sacada fechada, lá fora um  dia escuro, chuva, e uma vista do mar. Se fosse um dia como hoje, então, melhor ainda: geladeira cheia, carro na garagem e jogos de Copa do Mundo para assistir na tv. Com toda certeza a volta para a Capital seria uma coisa bem tranquila.

Mas faz algum tempo que parei de sonhar com Torres.

Meu objetivo, agora, é Nova Petrópolis. A ideia é mais ou menos a mesma: um lugar com uma sacada fechada, chuva e vento lá fora e uma vista, para, digamos, a praça do labirinto. Sabendo que ali bem perto há um shopping numa galeria com um restaurante de enlouquecer, o supermercado da Cooperativa Piá e uma agência do Banrisul logo ali pertinho.

Melhor do que isso, só isso, mais a geladeira cheia, carro na garagem e jogos de Copa do Mundo para ver na tv.


2 Comments Add Yours ↓

  1. Susi #
    1

    Vc é um homem sábio! Bjs

  2. 2

    Então colega , eu tenho crise de labirintite e estou tomando nimesulida por causa de umas extrações que fiz . estou me sentindo tonta , com mal estar ao se deitar e levantar . uma sensação péssima , agora to tendo quaze a certeza q é por causa do medicamento . gostaria de ter uma vida normal , mais essas tonturas me deixa desanimada e muito ansiosa porq demora alguns dias pra passar .



Your Comment