RSS

Dia 182 – 2013

segunda

Hora da Postagem

16:11

Nem na madrugada, nem no amanhecer, houve neblina. Nem nebulosidade. A temperatura máxima prevista, de 17º, foi desconsiderada pela Natureza, que fez com que no momento do início desta postagem a marca fosse de 21ºC.

Segunda-feira, nada de novo no front da folga.

Levantei cedo para ir buscar o jornal; voltei, compartilhei a previsão do tempo no Face; voltei para a cama. Levantei antes das 9, fiz o café e tratei de ler a ZH.

Como já havia adiantado um pouco da comida da semana na tarde de domingo, só precisei deixar feijão de molho. E foi assim que ele ficou enquanto eu lia o jornal. Quando liguei o rádio para escutar o Esportes ao Meio-Dia, já estava cozinhando, eu havia terminado de ler e também de escrever o texto do post anterior. Troquei a roupa de cama, cumpri o ritual de raspar a cabeça e fazer a barba antes do banho. No horário do Sala de Redação almocei e fiz umas transferências de valores para as contas de um colega, da Dra. Orto e para a poupança.

Li um artigo no Caderno dinheiro, na ZH de domingo, onde um economista afirmou que é possível ser rico ganhando R$ 2.000,00 por mês e ser pobre ganhando R$ 10.000,00. Que a diferença está na organização. Então, só o que preciso é me manter organizado, e o plano que montei para alimentar a minha poupança (que eu sei que funciona muito bem para mim) segue sendo alimentado.

Depois do Sala assisti dois episódios de Doce Vingança, no ID, série nova. Enquanto eles rolavam, fiz o que costumo sempre fazer: nos intervalos fui livrando a cara da pia da cozinha e adiantando este texto. Agora que os programas terminaram a tv está desligada. Vim terminar a redação do post, depois vou digitalizar os dois textos enquanto a máquina de lavar roupas funciona pela primeira vez na semana. Previsão de ser usada de novo na sexta.

Para o final da tarde, alternância entre os canais ID e A&E, se houver o que assistir, ou, então, leitura. Para a noite, nada na tv. A princípio, deitar cedo e mais leituras.


Your Comment