RSS

Dia 262 – 2018

terça

Hora da Postagem

09h20min

Em Nova Petrópolis a umidade relativa tem tendência de queda, com variação entre 48 e 86%; temperatura mínima fica em 16°Celsius; a velocidade do vento é de rajadas se movimentando a 10 km/h; a temperatura máxima tem tendência de estabilidade em alta; o céu amanheceu limpo, mas existe expectativa de chuva no quadro do tempo. Dados do site Tempo Agora.

Bom, então aconteceu que a terça-feira foi um dia movimentado que começou de um jeito estranho, com o WhatsApp desaparecendo do meu celular, o que acabei descobrindo no momento de fazer os compartilhamentos do quadro do tempo do blogue. Justamente num dia em que estávamos com alguma pressa para sair de casa. Tve que baixar novamente o programa, ele identificou minha conta e a recuperação de backup foi muito rápida.

Até agora não sei o que houve.

Em Nova Petrópolis, compramos um kit com jogos de damas, xadrez, gamão e dominó. Mais tarde, quando a caixa foi aberta, descobrimos que faltava o tabuleiro. Na loja havia duas unidades do kit. Um deles nós havíamos aberto e visto o conteúdo. Eu peguei a que estava no fundo e como queria fazer uma surpresa para a Lisiane, nem olhei dentro. Achei que estivesse tudo bem.

A Lisi ligou para a loja e lá fomos nós trocar pela outra caixa. Mas quando chegamos no apartamento vimos que agora faltavam as peças para o jogo de damas. Nova ligação da Lisi e hoje vamos voltar para que nos forneçam as peças faltantes. Que desorganização.

Também aconteceu que descobrimos que algumas pessoas de uma determinada loja já nos conhecem. Houve um momento em que a Lisi entrou numa loja, e eu em outra. Ela tinha que passar numa farmácia que fica para o mesmo lado da loja que eu iria. Enquanto eu estava na loja ela saiu da outra e foi até a farmácia. Passou pela loja em que eu estava, olhou e não me viu (eu provavelmente estava no fundo da loja) e foi até a farmácia. Da farmácia ela foi para um bazar que fica no meio do caminho entre a loja que eu estava e a farmácia.

Eu saí da loja em que estava, fui até a farmácia (passando pela frente do bazar) pensando que ela poderia estar ali, Olhei para dentro e, claro, ela não estava. Imaginei, então, que ainda pudesse estar na primeira loja e voltei (passando de novo na frente do bazar) até lá. Quando cheguei as vendedoras me olharam rindo e disseram “já se foi“.

Então eu fui para o bazar.

Quando entrei vi a Lisi olhando umas coisas e falei para a vendedora que me abordou “vim ver se a minha mulher estava aqui“, e já fui apontando. Depois eu soube que quando entrou na loja a Lisi perguntou às vendedoras se elas tinham visto o marido dela por ali, e elas disseram que não. Ou seja, as pessoas já sabiam quem era o marido dela, e quando eu cheguei também já sabiam que haveria diversão pela frente, porque a gente não perde a oportunidade de falar alguma bobagem, talvez seja nossa marca registrada™.

Depois, na ferragem Anschau, o dono (ou gerente, sei lá), que na vez anterior deve ter estranhado nosso jeito, desta vez entrou nas nossas brincadeiras. Deve ter percebido que nós brincamos, tiramos onda, mas nunca saímos de lá de mãos vazias.

Terminamos o dia com a sensação em comum de que voltar para Porto Alegre é uma complicação. 

Para visualizar as fotos do quadro do tempo acesse o link Quem Vai Querer Saber™, lá embaixo. Será redirecionado para um álbum no Facebook.


Your Comment