RSS

Dia 283 – 2018

quarta

Hora da Postagem

10h06min

Em Nova Petrópolis, temperatura mínima na casa dos 16°Celsius; a velocidade do vento é fraca, chegando aos 17 km/h; a temperatura máxima em nível de primavera, um pouco baixa, mas nada que assuste; o dia começa com forte nebulosidade e chuva fraca, que promete dar alguns espaços ao sol; umidade relativa em alta, com variação entre 73 e 87%. Dados do site Tempo Agora.

Bom, então aconteceu que quando chegamos em Nova Petrópolis, na tarde de terça, a primeira coisa que fizemos foi tentar dar encaminhamento à solução da questão da troca dos pneus dianteiros da Marau, mas no lugar que e tinha pensado em fazer a coisa o amigo fez terrorismo, cobrou um preço absurdo para executar o procedimento. Algo em torno de R$ 620 por roda, incluindo trocas de bicos, balanceamento, etc.

Imediatamente lembrei que em 2014 troquei os quatro pneus da Preta por R$ 1.440,00, e achei muito caro. A Lisiane fez umas consultas no celular e chegamos à conclusão de que avia alternativas. Lembramos que a Benoit vende pneus. Decidimos conversar com a vendedora que nos atendeu na compra do sofá novo lá de casa (lembrando, foi comprado na Benoit de NP).

Ela tinha os pneus por R$ 415. Mas antes, um esclarecimento: os pneus que estavam em uso e que o amigo da outra loja viu eram Pirelli 205/60/R16. O que a amiga tinha eram Firestone 205/55/R16, que também estão recomendados no manual de usuário do carro.

Aproveitamos para também olhar aparelhos de televisão para substituir a do meu escritório (conforme relatado no post de ontem), e acabamos comprando uma LG de 43″. Como sempre, a negociação da forma de pagamento ficou a cargo da Lisiane, e o resultado foi que saímos de lá com um pequeno desconto no valor total para pagamento por boletos (que serão enviados mensalmente por e-mail), parcelado em 12x, e a oferta de um jogo de taças de vinho, de brinde.

Um brinde que depois descobrimos que se fosse vendido custaria R$ 130,00.

Como a loja não faz a instalação dos pneus, a amiga vendedora nos indicou um seu cliente que tem uma borracharia, que casualmente fica bem perto de onde estamos hospedados

Quando chegamos para falar com ele, primeira coisa que lhe disse foi que tinha sido bem recomendado pela vendedora da Benoit, que falou que ele não fazia terrorismo (ideia da Lisi, dizer isso), e expliquei o que havia acontecido no outro local. Ele fez a troca dos pneus no fim da tarde (passava das 18 quando chegamos nele) enquanto íamos fazer compras no Brombatti, recolocou o antigo estepe no lugar e fez balanceamento das rodas: R$ 60, pagos no Banricompras, com crédito de 30 dias.

 E como ele não faz geometria, nos indicou “uma pessoa fantástica” (palavras dele) para fazer esta parte, e agora de manhã, depois desta postagem, vamos ali na borracharia e ele vai ligar para o outro e deixar agendada a nossa visita.

Esse negócio todo, aqui em Nova Petrópolis, é coisa de um outro mundo, que em Porto Alegre a gente nem cogita encontrar.

Para visualizar as fotos do quadro do tempo acesse o link Quem Vai Querer Saber™, lá embaixo. Será redirecionado para um álbum no Facebook.


Your Comment