RSS

Dia 285 – 2018

sexta

Horário da Postagem

09h54min

Em Guaíba, o dia começa nublado e a expectativa é de pancadas de chuva misturando-se a aparições do sol; umidade relativa com tendência de alta, com variação entre 64 e 84%; temperatura mínima também em trajetória de alta, chegando aos 17°Celsius; velocidade do vento relativamente fraca, com rajadas de 16 km/h; temperatura máxima com tendência de alta. Dados do site Tempo Agora.

Bom, então aconteceu que a volta de Nova Petrópolis, no início da tarde de quinta, foi rápida e indolor, sem aquela tranqueira característica da região de Novo Hamburgo, que quase sempre atrasa bastante, e que se forma, como sempre, sem um motivo aparente. Havíamos almoçado cedo, no restaurante da Piá. Eles abrem o buffet às 11 horas, e foi mais ou menos neste horário que entramos.

Quando se levanta e toma café cedo, a fome do almoço também chega cedo. A Lisi quase nunca come na hora do café, o que favorece a que cedo esteja com fome. Eu sempre como no café, mas depois de três, quatro horas, já estou pronto para comer de novo. E assim foi. Mesmo eu demorando bastante, como de hábito, porque a minha mastigação é lenta, eram 12h06min quando deixamos a cidade.

A comida do Piá é leve, não senti aquela bobeira de sono que costuma dar, quando cai comida no estômago.

Minha estimativa de chegada foi de que às 13h45 estaríamos em casa, e errei por cinco minutos: 13h50. Como escrevi no início, foi uma viagem rápida e fácil. Mas depois tínhamos que sair de novo, para vir a Guaíba. Fizemos a troca da tv do escritório. Na verdade, não chegamos a fazer a troca, apenas tiramos da parede a que estava, para trazê-la para cá e podermos olhar vídeos no You Tube ligando-a no notebook.

Trouxe-mo-la (que tal?) na caixa da tv nova, porque depois ela vai seguir viagem para Bento Gonçalves, para morar com a irmã da Lisi que atualmente reside naquela cidade.

Se a volta de Nova Petrópolis foi tranquila, a saída em direção a Guaíba depois das 3 da tarde foi complicada, porque foi início de feriadão e muita gente (que parecia a cidade inteira) estava pegando estrada naquela hora. Sair de Porto Alegre foi um inferno.

Mas sobrevivemos.

Hoje de novo voltaremos para casa no começo da tarde, e a ideia é ficarmos atirados no sofá vendo televisão.

E este é o roteiro.

Para facilitar um pouco a minha vida, já vou tentar hoje deixar prontas as esperas para os jogos de Grêmio e Inter do final de semana, pelo Brasileirão.

P.S.: a título de registro, depois de quase um ano morando juntos, ontem conheci a irmã da Lisi que ainda faltava conhecer.

Para visualizar as fotos do quadro do tempo acesse o link Quem Vai Querer Saber™, lá embaixo. Será redirecionado para um álbum no Facebook.


Your Comment