RSS

Dia 307 – 2011

Hora brasileira de Verão

09:28

Mais um dia ensolarado, com alguma névoa no horizonte. Na rótula da Beira-Rio, 14ºC às 6:27.

3

 CORAGEM REDESCOBERTA

 É surpresa até para mim.

Não escondo de ninguém que a ideia de viajar de avião me apavora, bem como viagem de navio. No entanto, tenho lido muito sobre o novo serviço de ligação entre Porto Alegre e Guaíba, que pela segunda semana está sendo oficialmente feita também por catamarãs, que são barcos equipados com ar condicionado e televisão a bordo.

Com capacidade para 120 pessoas por viagem, fazem o trajeto através do Guaíba em 20 minutos, com saídas de hora em hora das Hidroviárias da cidade vizinha e de POA, ao custo de R$ 7,00, depois que terminar a promoção de inauguração do serviço. Não sei quando vai acontecer, mas estou pensando seriamente em fazer pelo menos uma vez um passeio utilizando aquele meio de transporte, e não estou nem um pouco preocupado com a quantidade de água em volta.    

 –

2

JÁ BASTA SABER

Hoje está um dia daqueles em que eventualmente sinto uma estranha sensação de perda. Alguma coisa faltando.

Quando isso acontece, minha reação imediata é não ficar pensando muito. Trato de mudar a linha de pensamento, paro de pensar em falta de alguma coisa, até porque eu sei o que está faltando. Não que não queira admiti-lo, porque se eu sei o que falta, admitido está.

O que não posso (não quero e não devo) é ficar pensando muito.

1

TRANSTORNO ÚTIL

Dia da volta à vida normal.

Será?

Para mim o mais normal é ficar em casa, sem por os pés na rua. Para uma semana que será curtinha, nada melhor do que sair do trabalho e ir direto para casa. Amanhã, sim, vai ser uma tarde puxada.

Vou ter que ir ao Centro, na Alberto Bins, para fazer radiografias das arcadas dentárias. Como a coisa está marcada para as 14 horas, vai dar tempo de passar no mesmo lugar onde tinha comprado os fines de ouvido para o celular, em Julho. Também vou aproveitar para testar o cartão Ughini, tentando comprar uns tênis, mas isso acho que depois das radiografias.

Mas tem um pequeno porém, no qual estava pensando hoje cedo, na hora do café: só vou usar o cartão de for possível fazer os pagamentos pela internet. Ou me mandam um boleto todo mês, ou geram um carnezinho. Esse negócio de ter que ir todo mês na loja é atraso de vida, não me serve mais.

Vai ser a primeira coisa que vou perguntar.


Your Comment