RSS

Dia 308 – 2012

sábado

Hora brasileira de Verão

09:14

Uma vez que milagres acontecem, a madrugada foi novamente sem nuvens, seguida de um amanhecer com céu claro, mas com nebulosidade visível no horizonte. Não há previsão de chuva e a temperatura máxima em Porto Alegre pode chegar aos 30º. No momento do início desta postagem, lá fora 18ºC, e na parede 24,2.

Então tá, hoje é o primeiro dos dois dias em que se realizarão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio, também conhecido como ENEM. Por conta disso, mais do que em outros dias, minhas postagens poderão sair um pouco atrapalhadas. Como por exemplo eu já ter decidido dar a maior importância a uma dica dada na ZH de ontem, com relação aos cuidados com a alimentação neste dia, para evitar problemas na hora da prova, e esquecer de mencionar que decidi que meu almoço não terá nada mais do que morangos e sorvete.

É verdade que se desde o dia da decisão de fazer a prova até o momento de fazê-la o ímpeto pode ter esfriado um pouco, também se pode afirmar que pelo tempo decorrido entre pensar em fazê-la e confirmar o pagamento da inscrição nada foi feito por impulso, nada foi feito sem pensar.

Para um adolescente que ainda está pensando no que vai ser na vida, ou que já decidiu e agora se preocupa com os meios para ingressar na universidade o evento pode ter um peso imensamente superior ao que tem para uma pessoa que há muito saiu da escola e já está, digamos, em fim de carreira. É diferente quando se faz este tipo de exame sem precisar provar nada nem para si mesmo, a não ser, quem sabe, que tem alguma capacidade de ainda se dar bem neste tipo de coisa, mas mesmo assim se está indo praticamente por esporte.

Há que se considerar, entretanto, que quando uma pessoa de qualquer idade está pensando em fazer um curso superior, a prova do Enem pode ter um pseo importante. Mesmo não tendo feito qualquer tipo de esforço de preparação para este tipo de desafio, como há um grande índice de questões de interpretação de texto, mais a redação, há uma boa possibilidade de levar uma nota razoável para ajudar no Vestibular (sempre lembrando que a nota do Enem só é aproveitada se puder ajudar).

Antes de tudo será preciso levar muita paciência para o local da prova. No meu caso, há pelo menos um fator a considerar, que é crucial e não tem nada a ver com o exame em si.

Como é preciso tomar uma decisão, a primeira coisa em que penso é que serão apenas dois dias de sacrifício (tá, podem ser três, se eu pensar que terei que trabalhar na segunda-feira) e que depois disso nem eu vou reconhecer quaisquer das pessoas com quem cruzarei pelo caminho e no local, e já que não é permitido usar boné na prova, como estou sem óculos escuros, o maior sacrifício será andar no sol usando os óculos normais para ir até o local. E fazer a prova sem nada na cara.

Porque minhas lentes de contato são para longe, será impossível fazer a prova direito, especialmente na hora de marcar a grade de respostas, com elas nos olhos. Não tem como. Ou vou com elas até lá e as tiro depois de estar na sala em que farei o exame. O regulamento é bastante rígido, mas omisso, em nenhum momento li que não se pode tirar as lentes ao entrar na sala. O regulamento não menciona lentes de contato em nenhum momento.

Mas é certo que não poderei fazer o exame com elas. Aliás, é quando não estou usando nem óculos, nem lentes, que consigo manter concentração maior em qualquer coisa próxima, a não ser a televisão, claro, que chama a minha atenção eu estando com ou sem qualquer os acessórios.

Falando em televisão, preciso ainda deixar pronta, ou quase, a espera para o jogo de hoje, às 19:30, Grêmio e Ponte Preta. Hoje pode estar se decidindo, junto com o jogo de amanhã à tarde (que não vou poder assistir), entre Coritiba e Atlético/MG, a possibilidade concreta de o Grêmio ainda aspirar à vaga direta para a Libertadores. Com vitória tricolor em Porto Alegre e derrota mineira no Rio de Janeiro a diferença cairia para 1 ponto, restando 12 a serem disputados.

O Grêmio tem que fazer a sua parte, pelo menos. E eu tenho que fazer a minha, não pensando nisso ao longo da tarde.


Your Comment