RSS

Dia 330 – 2012 / Semana 48

domingo

Horário brasileiro de Verão

10:00

O dia começa ensolarado, sem previsão de chuva. A temperatura pode chegar aos 26º, mas a lenda diz que ao longo do dia ela pode chegar a bem mais do que isso. No momento do início desta postagem a marca era de 18ºC.

 IMPREVISTO de SÁBADO

“Bueno, e aconteceu que a dispensa anunciada pela minha mãe não foi bem assim, porque quando chegou no final do meu turno de trabalho um das irmãs ligou porque o plano dela sofreu um imprevisto, a outra irmã iria ficar no hospital só na parte da manhã e então eu, como sou o único que nunca tem grandes planos e raramente lido com imprevistos (a não ser, talvez, um como este), estou aqui no hospital de novo. Imagino que para a irmã que ficaria apenas na parte da manhã a mudança de planos de ter que voltar à tarde também tenha atrapalhado bastante. Se não fosse acabar estourando nos pais eu descontaria o tempo de hoje na segunda-feira.

Por uma questão de prevenção, trouxe mais fraldas geriátricas, e eu tinha razão, porque o último pacote no armário já estava aberto. Hoje havia um aviso no estacionamento do supermercado de que é exclusivo para clientes em compras, e nada me tira da cabeça que é por causa do meu problema do sábado passado, e ao longo da semana o mesmo carro ter sido reconhecido, parado lá.

Mas não é só que eu vá para estacionar, eu almoço; não todos os dias, mas de vez em quando compro alguma coisa na farmácia, ou na loja do super, mesmo, como ontem, quando comprei o sorvete, outras coisas que comprei outro dia. Eu gasto no supermercado, também. Talvez o problema seja o tempo que o carro fica no estacionamento. E hoje eu nem estava contando em ir para lá. Acho que numa próxima vez não vou abrir mão da folga.

Hoje já tem outra pessoa baixada, no leito ao lado, e tem pessoas co ela, e o volume da conversa, para variar, não respeita quem mais esteja no quarto, e mais o som da televisão, não. Fui ali e baixei. Se a conversa está melhor e mais alta que a tv, ela não precisa estar em alto volume.”

Ali pelas 16 e alguma coisa minha irmã ligou para dizer que eu podia ir embora e que ela chegaria apenas por volta das 17 horas. Eu pensei que se fosse para ela ficar sozinha, porque eu tinha sido convocado para estar ali; mas considerando que não era para eu estar e que 50 minutos passam depressa, fui embora, mesmo. Até aquele momento havia aparecido apenas um rapaz, ali, que deu uma olhada no saco da água destilada e verificou se a vó não estava com o corpo por cima da mangueirinha.

Eu estava pensando nas consequências de ter de novo deixado o carro um tempão parado no estacionamento cheio de avisos de proibido, imaginando que depois de tantos dias que ele fica parado lá já estaria visado pela segurança.

Porque precisava fazer compras, entrei na loja do Nacional e peguei algumas coisas, mas tinha guardadas comigo as notas do restaurante, da farmácia, por causa das fraldas, e agora teria ainda a nota de compra do súper, caso chegasse lá embaixo e o inimigo estivesse à espreita. Mas não havia  nada, eu esperava talvez algum bilhete de advertência, mas não havia. Na real, se eu fosse da segurança do supermercado, faria a gerência investir em câmeras de vigilância. Pelo menos se veria a pessoa circulando com sacolas de compras. Deve ser como eu penso, o que incomoda não é o tempo que o carro fica parado, é o sujeito sair de lá sem fazer compras.

Mas enfim.

Vim para casa, tomei um banho e decidi fazer o que havia pensado em deixar para hoje: tentar resolver o problema do netbook da filha.

No começo foi difícil, porque ele carregava e daqui a pouco reiniciava sozinho, no meio de qualquer operação, mesmo com a opção de iniciar o Windows normalmente. E até eu me acertar com as teclinhas foi complicado, mas consegui fazer com que iniciasse em modo de segurança. Nesta situação as funções são limitadas, mas pelo menos ele deixa lidar com as questões operacionais do sistema. Quando comecei a fazer alteração de Windows 7 Starter para Home Premium me veio uma mensagem de que não havia sido possível porque não fora encontrado um ponto de restauração do sistema. A parte boa é que na mesma tela a pessoa é guiada sobre como encontrar um ponto de restauração.

seguindo as dicas consegui retornar ao dia 23.10., que eu tinha certeza que o problema da tela azul ainda não havia acontecido (certeza que vinha do fato de eu saber que a filha não demoraria um mês para reportar o problema). Depois que o sistema estava restaurado o micrinho reinicializou normalmente, não aconteceu mais nenhum problema. E então eu pensei que já que estava ali podia alterar de Starter para Home Premium, o que demorou um pouco, mas funcionou.

Acompanhei os segundos tempos dos dois jogos de ontem, do Brasileirão, e depois fui dormir. Li bastante antes de apagar a luz. Dormi tri bem, a noite foi boa, sem ar condicionado.

Agora pela manhã não consegui sair da cama antes de 7:45. Tomei café, montei este post, vou montar a espera para o jogo do Inter (a do Grêmio já está) e como não peguei a ZH de domingo, depois desta publicação vou fazer o que era para ter feito ontem, assistir filmes, para tentar, até às 5 da tarde, liberar pelo menos duas fitas, que é o que eu preciso para os dois primeiros dias da semana, se bem que as providências da semana passada (assistir 2 filmes por noite e abandonar os programas de produção nacional) ajudaram bastante.


Your Comment