RSS

Dia 330

Horário brasileiro de Verão

16:58

Seguiu a nebulosidade, com chuvas esparsas. Há claros entre as nuvens, mas não parece que vai limpar. A temperatura seguiu estável, mas não prestei atenção ao termômetro, porque não precisei ficar parado na sinaleira da descida da Pinheiro Borda.

4

CURTÍSSIMA

Quando cheguei do trabalho o filho estava aqui em casa, tinha vindo trocar as músicas do mp3 player do celular, de novo.

Como na semana passada ele havia tido um problema sério, tratei de investigar algumas coisas, em especial uma certa declaração que ele me fizera ao celular, e ele então me contou uma história escabrosa que só poderia ter partido de dentro da cabeça da mãe dele.

Eu tinha razão. Sempre tive razão.

3

GRANDE DESCUMPRIDOR

É o meio da tarde quando termino de assistir o House que gravei na noite de ontem.

Antes disso tinha caminhado na esteira, e antes disso tinha ficado mais de uma hora lavando um pé enorme de alface que, desfolhado, ocupou três potes de plástico. Junto com isso, tinha cortado cebolas que ocuparam um outro pote, e um outro pote ficou com o que sobrou de duas bandejas de morangos, depois que tirei os talos e algumas partes amassadas no transporte do dia anterior.

Estou impressionado com os atrasos na programação do Universal Channel, porque em todos os programas que faço para gravar filmes o tempo de gravação termina antes das apresentações, mesmo no caso de ontem, que aumentei em três minutos o tempo total de gravação. Não adiantou, a gravação não pegou o final do episódio.

Menos mal que na semana que vem, quando eu programar o vídeo de novo, a gravação vai pegar o final do episódio da semana anterior. Mas que o canal está atrasando, disso não há dúvida.

2

FOI MAL

Quando vim para cá começar a escrever o post de hoje foi que me dei conta de que esqueci de liberar o texto de ontem. 

Apesar de estar com a tela prinicpal à minha frente o tempo todo, não me liguei que o texto ain da aparecia na condição restritiva de privado, sendo assim, aparecia para mim, mas não para quem viesse aqui olhar. Imagino a preocupação que meu pai deve ter sentido ao vir aqui inúmeras vezes e não encontrar nada publicado.

Desculpa, aí, meu velho, foi pura desatenção.

Beijo pra ti. 

1

COMEÇOU BEM

Por causa das obras de reforma no prédio da empresa a entrada para quem vem do estacionamento do CAERGS se faz pela porta da garagem. Quem vem pela frente da emprsa passa pela porta normal. A travessia lateral, liga a entrada princIpal da Procergs ao portão de passagem para o Centro Administrativo permanece fechado. 

Eu venho do pátio do Caergs, então entro pela porta da garagem. Nesta condição, passo sempre em frente ao elevador interno, e como ele quase sempre está parado ali, de porta aberta, entro e subo ao segundo andar. Foi o que fiz hoje. Só que quando o bicho parou a porta não abriu. Não abriu e não adiantou apertar em nenhum botão, ele não subia nem descia. E não abria a porta.

Como não sou assustado, e também pensando que a altura até o poço não deve ser tanta assim, tendo créditos no celular, liguei para a portaria da empresa, falei c0m o segurança e pedi que alertasse alguém da mantenção de que o elevador estava trancado. Depois, coloquei o Media Player para tocar, e fiquei escutando música bem baixinha. Mesmo sem ouvir movimentação do lado de fora do elevador, daqui a pouco os lados da porta se afastaram por alguns centímetros. Olhei para fora mas não vi ninguém.  Havendo espaço suficinte para enfiar as mãos, forcei as duas portas e saí.

Não sei se alguém da manutenção apareceu por ali, mas dali a pouco, quando fui encher minha garrafinha com água, o veículo já estava no térreo de novo.


Your Comment