RSS

Dia 364

Horário brasileiro de Verão

14:09

Com nuvens esparsas rondando nossas cabeças, o dia promete bastante calor, com os termômetros assinalando 19ºC às 6:27.

3

QUE BOCÓS

Enquanto estava no trabalho recebi uma ligação de um ténico da OI.

Ele queria saber se eu estava em casa. Disse a ele que não, que tinha esperado por eles na tarde anterior, mas que ningupém tinha aparecido. Aí ele perguntou se não havia ninguém em casa. Falei que não, que só à tarde, a partir das 14 horas. Ele disse, então, que até 14:15 estariam aqui.

Quando cheguei em casa fui avisar ao segurança da portaria que tinha ficado de vir um pessoal da OI e ele me disse que os caras tinham estado de manhã na portaria. Que trouxas.

O pior é que eles vão me pegar numa tarde nada boa, porque tive uma noite do cão. Para nem falar que quando entrei no prédio o elevador estava em manutenção e tive que vir pela escada, até o 8o. andar. Menos mal que não estava com sacolas, e até nem senti tanto em termos de fôlego, mas as pernas doeram. Esta parte é normal.

E como não vou estar numa boa tarde, vou querer saber exatamente o que os caras vão fazer no meu modem, além de habilitar o aumento da velocidade de conexão com a internet. Vu fiscalizar de cima. Nada de trocarem usuários e senhas no modem.

2

DESCOMPROMISSADO

 A tarde de ontem foi passada toda na frente da televisão.

Tinha gravações atrasadas para olhar. Para variar, perdi o final do House original da semana passada porque, mais uma vez, o Universal Channel abusou dos intervalos e extrapolou os cinco minutos a mais que coloquei para o tempo limite da gravação. Acho que isso aí não tem mais solução.

Como no dia anterior tinha atendido uma ligação da Central de Relacionamentos da OI, em que me foi oferecida uma alteração do meu plano (com aumento de minutos de franquia de 600 para 1.000 e da velocidade de internet de 1 para 4MB, com redução de tarifas), ontem também aconteceu uma ligação de técnicos que iriam lá em casa para proceder alterações no modem, e eu fiquei esperando, mas não apareceram.

Mas porque fiquei esperando, passei o restante da tarde na frente da tv, chegado a esquecer completamente que tinha que liberar a publicação do post de ontem, o que só me ocorreu à noite. Quase ficou sem publicação.

1

DO CÃO

A madrugada da última quinta-feira do ano não foi uma noite muito boa.

Pesadelos em cima de pesadelos. Uma coisa amarrada entre Grêmio e Inter se encontrava com outra coisa amarrada entre Inter e Grêmio. Números de horas com três casas decimais nos minutos. Tinha jantado pouco, custei a identificar que estava com fome, na madrugada. Mas depois que me dei conta não levantei para comer nada. Entrava um vento gelado pela janela. Custei a me dar conta de quer tinha que fechá-la um pouco mais.

Depois de muitas e muitas noites sem ter o nariz entupido, como foi uma noite parecida com as de inverno, aconteceu, e eu não tinha mais descongestionante, embora o frasco estivesse ainda na cabeceira da cama. Desentupi o nariz com bafo de Sorinam. Para completar, fiquei o tempo todo com o sentido de que o videocassete começaria a gravar às 4 horas (o canal Space apresenta de madrugada e pela manhã episódios das 5a. e 6a. temporadas de The Closer, que eu ainda não vi; tenho as mídias originais das 4 primeiras) quando na verdade a programação era para as 6. 

Só porque escrevi, aqui, que em geral acordava antes do rádio-relógio despertar, hoje foi um daqueles dias em que acordei no susto, com aprevisão do tempo. 


Your Comment