RSS

Dia 78 – 2017 / Semana 12

domingo

Hora da Postagem

07h42min

A máxima volta a subir. A mínima se mantém nos 14°C. O amanhecer teve nuvens esparsas mas não há previsão de chuva. No começo do dia não há vento, mas há uma expectativa de movimentação a 20 km/h e a umidade relativa do ar varia entre 48 e 71%. Dados do site Tempo Agora.

Bom, então ontem, na casa dos pais eu comi muito. Boa carne, bem assada pelo pai, e aquela maionese maravilhosa que a mãe fez. Todo de bom e muito divertido, e acho que eles também se divertem bastante comigo. Depois chegou meu primo Nando, que foi lá para fazer uns reparos no PC e no notebook do pai. Muito boa conversa, ele colorado de quatro costados, eu gremista, minha mãe colorada, o pai se fazendo de neutro, e uma prova de que dá tranquilamente para conviver com as diferenças clubísticas, sem problema nenhum.

Basta querer.

Como já tinha passado no posto na sexta prevendo uma volta tumultuada no final da tarde, com jogo no Beira-Rio, a parta da parada estava resolvida, mas a\ da tranqueira não, por isso tive que pegar um desvio por dentro do bairro Nonoai para sair na Campos Velho e chegar em casa. Se tivesse feito o caminho normal, com toda a tranqueira, teria chegado em casa em cima da hora do jogo do Colorado.

Fazendo o desvio ainda consegui pegar uma parte do Caju e tomar banho antes da outra partida.

Ao entrar em casa vi de cara que havia recebido visita. Olhei para cima do balcão ao lado do PC e vi que um material pertencente à minha filha não estava onde eu havia deixado, fora o rolo de papel toalha em lugar diferente. E é claro que o celular estava em cima da cama na posição em que eu havia deixado quando despertei.

Como falei para meu colega da madrugada, hoje, a preocupação maior de esquecer o celular em casa não é das comunicações rotineiras e acesso à internet, mas a gente dirige, e em caso de emergência no trânsito, como é que vai se comunicar? Este é o maior problema. Fora isso, seria quase o mesmo que estar o dia inteiro dentro de casa e não chegar perto do celular, o que já me aconteceu várias vezes, mas claro que também aí há a tranquilidade de o aparelho estar em locar certo e muito bem sabido.

Mesmo assim, o mundo não acabou.

Depois do jogo do Inter, escutei a transmissão até o final da entrevista do Antônio Zago. Depois tratei de fazer outras coisas, e fui para a cama cedo. Li bastante e dormi cedo. O Sleep Better me deu 92% de aproveitamento de sonho e despertou mais de dez minutos antes da hora original, porque interpretou meu movimento como sono leve, mas eu até já estava acordado.

Agora de manhã tenho que aprontar a espera para o jogo do Grêmio e depois, à tarde, talvez consiga fazer alguma leitura antes da partida. À noite vai para gravação o episódio inédito de Quantico, e por enquanto era isso.


Your Comment