RSS

Flamengo 3 x 1 GRÊMIO

14ª RODADA do BRASILEIRÃO 2019 (42)

Pensando no jogo de ida da Copa do Brasil no meio da semana, o Tricolor mais uma vez manda a campo um time quase totalmente reserva, para fora de casa colaborar com a boa campanha do adversário e ajudar a que não perca a boa posição que ocupa na tabela. Entram na rodada como 3º e 13º colocados.

No MARACANÃ – 10.08.

19h

Formação que inicia a partida:

Júlio César (22); Léo Moura (2), Paulo Miranda (28), David Braz (30) e Juninho Capixaba (29); Darlan (37), Thaciano (16), Galhardo (42) e Luan (7); Pepê (25) e Luciano (18).

Primeiro tempo: começando com o Flamengo saindo para o ataque, tentando encurralar os reservas do Grêmio. Bate-rebate na área do Flamengo, Diego Alves falha num primeiro momento, e depois Luciano, de dentro da área, chuta fraco e Diego defende no meio do gol, aos 18. A primeira etapa não foi parelho. O Flamengo foi melhor durante quase todo o tempo de jogo. No entanto, por ter lutado muito, o Grêmio acabou arrancando um empate, em pênalti legítimo, que aconteceu.

VAR: alertou o árbitro para verificação do lance que gerou a marcação do pênalti de Pablo Marí sobre David Braz.

As duas equipes voltam sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo: de acordo com o esperado, o Flamengo volta novamente decidido a empurrar o adversário para seu campo. Mais um chute cruzado, da intermediária, desta vez de Gerson, que vai no travessão com Júlio César batido, e daí à linha de fundo, aos 12. Mais uma jogada de Bruno Henrique na ponta esquerda, sai cruzamento rasteiro para o meio da área, bola na marca do pênalti, onde Arrascaeta finaliza e Júlio César faz defesa importantíssima no meio do gol mandando a bola para escanteio, aos 31. Cruzamento rasteiro da esquerda para o meio da área, Arrascaeta bate cruzado e Júlio César faz defesa segura n o chão, no meio do gol, aos 35. O resultado final não chega a ser surpresa, porque o Flamengo entrou na partida como favorito e a condição se confirmou pelo muito pouco que o Grêmio jogou. Mais uma vez o esquema gremista desfavoreceu a figura do centroavante, e Luan mais uma vez não entrou no jogo. Cai a invencibilidade gremista de 10 jogos no Brasileirão.

Cartões: amarelos para Thaciano, aos 13; Juninho Capixaba (3°), aos 30.

 Gols: Arrascaeta lança William Arão dentro da área, a zaga estava aberta, ele bate de primeira para vencer Júlio César, mandando a bola no ângulo superior direito, aos 28; Galhardo cobrando pênalti manda a bola no canto inferior esquerdo de Diego Alves, aos 50. Segundo tempo: Bruno Henrique ganha na corrida de Léo Moura e bate cruzado, a bola vai na junção do travessão com a trave direita e volta para o meio da área, onde David Braz não espanta e Arrascatea meio no susto bate fraco, bola no canto inferior esquerdo, aos5; Everton Ribeiro lançado por Wiliam Arão na esquerda, tira Darlan da jogada e bate cruzado, bola no canto inferior esquerdo de Júlio César, aos 46.

Trocas: segundo tempo: Everton (11) vem para o jogo no lugar de Galhardo, aos 11; Patrick (30) vem para o jogo no lugar de Luciano, aos 24; Da Silva (41) vem para o jogo no lugar de Luan, aos 39.

O resultado mantém o Grêmio na 13ª posição, que provavelmente não perde até o final da rodada.

*

Arbitragem: Bráulio da Silva Machado (Fifa/SC), auxiliado por Helton Nunes (AB/SC) e Alex dos Santos (AB/SC).

Público: pagante 53.970; total 57.644; renda R$ 2.420.747.

Melhor do jogo: William Arão.

V= 22/ E= 14/ D= 6


Your Comment