RSS

Gauchão 2012

Depois da eliminação na disputa pela Libertadores, o Colorado tem a sorte de conquistar um título logo em seguida, para espantar a tristeza e seguir em frente.

FINAL

SEGUNDO TEMPO do JOGO DE 180 MINUTOS – 13.05.

NO BEIRA-RIO

INTER (de virada21 CAXIAS

Gols: cobrança de escanteio, a bola atravessa a área e Michel, do outro lado, cabeceia para as redes, aos 26. Segundo tempo: Oscar sofre pênalti aos 6; Nei cobra e erra, aos 7; jogada de ataque na área do Caxias, bate-rebate, e Sandro Silva consegue o empate, aos 21; cruzamento de Fabrício, da esquerda, e Damião, sem precisar pular, cabeceia no canto inferior direito de Paulo Sérgio, aos 26.

*

O primeiro tempo foi de um ligeiro predomínio técnico do Caxias, que atacou muito, obrigando Muriel a fazer importantes defesas, enquanto o ataque colorado não foi eficiente. Houve um erro do assistente Marcelo Barison, que assinalou um impedimento inexistente de Oscar, em que o Inter teve a chance de abrir o placar, porém isso não foi determinante para o mau desempenho do ataque colorado. Ao final do tempo de jogo, vais da torcida, que já vinha se manifestando com relação a alguns erros do time. Para sair campeão sem sofrimento, o Inter precisa fazer dois gols no segundo tempo. Entrevistado, o presidente Luigi afirmou que a equipe está confusa. Resta saber se o preparo físico vai ajudar o time caxiense na segunda etapa.

O Inter voltou para o segundo tempo com Dagoberto e D’Alessandro nos lugares de Tinga e Dátolo. Com isso o time melhorou muito, passou a massacrar o Caxias, empurrou o adversário para o próprio campo, teve pênalti perdido, mas era claro que a pressão se tornaria irresistível para o time da Serra. Deu a lógica, no final.

*

Arbitragem: Márcio Chagas da Silva, auxiliado por Altemir Haussman (Fifa/RS) e Marcelo Bertanha Barison.

Público: pagante 19.556; total: 23.028; renda R$ 587.160,00.

Melhor do jogo: Sandro Silva.


Your Comment