RSS

Gauchão Ipiranga 2017

FINAISJOGO de IDA

Depois de uma decisão sofrida e desgastante sofrida por pênaltis em que eliminou o Grêmio, o time do técnico Beto Campos sem Preto, suspenso, mas com a volta de Jardel, tenta fora de casa não sair em tanta desvantagem para o segundo jogo, enfrentando um adversário muito superior em nomes e salários, que vem de duas decisões sofridas e desgastantes por pênaltis.

No BEIRARIO – 30.04.

16h

INTER 2 x 2 NOVO HAMBURGO

Gols: cobrança de escanteio da esquerda, bola aérea na área colorada, onde João Paulo, da altura da marca do pênalti, sem sair do chão, vindo de trás, cabeceia para baixo, bola entrando no canto inferior direito, aos 18. Segundo tempo: Roberson lançado na área pelo lado direito, bate cruzado para o meio, a bola passa por baixo do goleiro, bate em Julio Santos e bate de novo em Matheus, indo para as redes aos 7; cobrança de escanteio da direita, bola alta na área colorada, Julio Santos ajeita de cabeça, Keiller sai e não acha nada, Assis pula mais alto que todo mundo e de cabeça encobre goleiro e zagueiros, aos 22; D’Alesandro lança Nico por elevação dentro da área pelo lado direito, e na saída do goleiro Matheus há a finalização por cobertura para empatar de novo, aos 37.

*

Primeiro tempo começando com o Novo Hamburgo já saindo para o ataque. Cobrança de escanteio, bola alta na área colorada, onde Júlio Santos cabeceia, bola indo no pé da trave direita do gol de Keiller, e à linha de fundo, a 1 minuto; chute forte de Nico López que Matheus defendeu no chão, aos 23; D’Alessandro cobra escanteio, Matheus tira a bola da área de soco, William pega o rebote da intermediária e Matheus pega firme, no meio do gol, aos 37; jogada de ataque na área do Nóia, a defesa espanta para a entrada da área, de onde D’Alessandro chuta cruzado e Matheus defende no canto inferior esquerdo, mandando para escanteio, aos 46.

O Inter volta com uma alteração para o reinício de partida.

Segundo tempo começando com o Inter correndo atrás do prejuízo. Com 1 minuto Matheus já havia feito duas intervenções. Jogada na área colorada, bola espantada para a entrada da área pelo lado esquerdo, onde Juninho bate cruzado para defesa de Keiller, aos 2; cobrança de escanteio da direita, há o cabeceio dentro da área e Matheus faz defesa milagrosa, aos 26.

Ninguém larga em vantagem para o jogo de volta.

*

Árbitro: Anderson Daronco, com Lúcio Beiersdorf Flor e Leirson Peng Martins.

Como esperado, na primeira vez em que tentou apitar o jogo, D’Alessandro levou cartão amarelo, aos 20 minutos.

Público: pagante ……………..; total 43.158; renda R$ 1.924.570,00.

Melhor do jogo: Matheus.


Your Comment