RSS

Goiás 0 x 2 GRÊMIO

8ªs de FINAL da COPA do BRASIL 2018 (25)

Mais uma etapa na maratona de três competições em que o Grêmio terá que necessariamente estabelecer prioridades e em algum momento jogadores serão poupados. O técnico e o presidente têm consciência de que faz muito tempo que o time não disputa um Brasileirão para valer e é por isso que o rodízio de preservados começa em partidas como a de hoje.

No SERRA DOURADA – 25.04.

JOGO de IDA

19h30

Formação que inicia a partida:

.Marcelo; ..Madson (21), Geromel (3), Kannemann (4) e Cortez (12); Maicon (8), Arthur (29), Ramiro (17) e Luan (7); Everton (11) e Jael (9).

Cartões: segundo tempo: amarelo para Jael, aos 34.

Gols: segundo tempo: Jael dá um passe para Everton, que entra na área pela esquerda, ganha da zaga em velocidade e na saída do goleiro completa para as redes, aos 3; Luan cobrando pênalti, aos 24.

Trocas: segundo tempo: Alisson (23) vem para o jogo no lugar de Madson, aos 24; André (90) vem para o jogo no lugar de Kannemann, aos 33; Thonny Anderson (27) vem para o jogo no lugar de Jael, aos 37.

*

Primeiro tempo com o Grêmio tentando impor seu estilo de jogo. O Grêmio tem domínio quase total da partida, já poderia até estar com o placar aberto, mas falta sempre alguma coisa na linha de frente, habilidade, talvez. Chute de Everton de fora da área que Marcelo Rangel espalma para a frente, aos 10. Chute de Ramiro da intermediária que Marcelo Rangel pega no canto esquerdo, aos 31. Maicon de cavadinha lança Everton, que conclui à queima roupa para defesa de Marcelo Rangel com os pés, aos 35. Chute fraco de Luan que Marcelo Rangel pega no chão, no meio do gol, aos 45. No primeiro tempo praticamente só o Grêmio jogou. Marcelo Grohe chegou aos 700 minutos sem levar gol sem precisar fazer nenhuma defesa na primeira etapa. Mas o time tem que melhorar no segundo tempo se quiser sair com vantagem.

O Goiás volta com uma alteração para o reinício de partida.

Segundo tempo com o Goiás saindo para cima do adversário, obrigando Marcelo a fazer defesa parcial para escanteio, a 53 segundos. O Goiás havia crescido na partida no segundo tempo, mesmo perdendo por um gol. O Grêmio estava administrando o resultado e concedendo espaços ao time de Hélio dos Anjos. Luan parece ter forçado a marcação do pênalti, que não teria acontecido, segundo o Diori Vasconcelos, da Rádio Gaúcha. Depois do segundo gol o técnico dos Anjos encheu seu time de atacantes, tendo perdido um homem de defesa. Com a vantagem de um homem, Renato tira um zagueiro que estava jogando com touca em virtude de um choque de cabeça e coloca mais um atacante. E depois coloca ainda mais um.

O resultado dá vantagem ao Grêmio para o jogo da volta, ainda sem data definida, mas provavelmente dia 9.

*

Arbitragem: Flavio Rodrigues de Souza (CBF/SP), auxiliado por Alex Ang Ribeiro (CBF/SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (Fifa/SP).

Luan é derrubado dentro da área aos 23 do segundo tempo e o árbitro não hesita em assinalar o pênalti. Aos 30 Marcelo lança Luan em velocidade, ele avança na direção do gol e é derrubado por trás, o que rende cartão vermelho para Madison.

Público: pagante 13.550; total 15.742; renda R$ 307.745,00.

Melhor do jogo: Everton.

V= 12/ E= 7/ D= 6


Your Comment