RSS

Goleada Suplente

NÃO JOGARAM NADA

Orientado pelo auxiliar James Freitas os reservas tricolores tentam manter uma invencibilidade que já chega a três jogos contra um adversário rebaixado que joga somente pela honra.

Quanto ao jogo em si: o time quase totalmente suplente do Grêmio fazendo jogo parelho com o Santa Cruz teve um gol anulado aos 13 minutos, que não entendi direito por que o foi. As imagens não acusaram o impedimento assinalado pelo assistente, nem no momento do lançamento nem no do cruzamento. Foi perigo de gol.

O Santa Cruz se aproveita do desentrosamento do time gremista e aproveita para atacar especialmente com Léo Moura, mas esbarrando na própria ruindade e nas boas defesas de Léo. O empate ao final do primeiro tempo ficou justo pelo que as duas equipes fizeram, e apesar do gol mal anulado.

Na volta do intervalo o Santa Cruz retornou mais ligado. Saiu pressionando, chegou ao seu gol e cresceu no jogo, por alguns minutos levando pânico à defesa gremista. Mas a alegria pernambucana não durou muito devido a uma tabela entre Pedro Rocha e Bolaños. Parece que o equatoriano que foi o maior investimento gremista do ano está começando a reencontrar o futebol que o trouxe para a Arena.

A reação gremista não rendeu grande coisa, porque depois o Santa Cruz seguiu fazendo seu jogo e chegou a uma goleada histórica, sempre lembrando que o Grêmio jogou com time totalmente suplente. Jogo de despedida do atacante Keno, que em 2017 vai jogar no Palmeiras.


Your Comment