RSS

GRÊMIO 0 x 0 Atlético-PR

2ª RODADA do BRASILEIRÃO 2018 (24)

Agora com o time envolvido em três competições, o técnico Portaluppi deixou claro que, embora pretenda administrar as partidas com o que tiver de melhor à disposição, não hesitará em poupar jogadores para evitar lesões, além da natural necessidade de dar ritmo de jogo a todos em função de cartões e suspensões. Para hoje, tem um adversário difícil, que vem apresentando bom trabalho com o técnico Fernando Diniz.

Na ARENA do GRÊMIO – 22.04.

19h

Formação que inicia a partida:

Marcelo; Léo Moura (2), Geromel (3), Bressan (22) e Cortez (12); Maicon (8), Arthur (29) Ramiro (17) e Luan (7); Everton (11) e André (90).

Cartões: segundo tempo: amarelos para Geromel, aos 16; Ramiro, aos 38.

Trocas: segundo tempo: Alisson (23) vem para o jogo no lugar de Léo Moura na volta do intervalo; Jael (9) vem para  o jogo no lugar de Arthur, aos 30; Maicosuel (18) vem para o jogo no lugar de Ramiro, aos 39.

*

Primeiro tempo começando com uma correria imposta pelo Atlético, depois que o Grêmio saiu para cima. A defesa do Atlético erra, Luan recebe uma bola na entrada da área, avança e chuta cruzado na junção da trave direita com o travessão e na sequência Ramiro chuta por cima do gol, aos 5. Contra-ataque gremista que termina com chute cruzado de Everton da esquerda que Santos espalma para escanteio, aos 17. Chute cruzado de Maicon de dentro da área que o goleiro espalma para escanteio, aos 27. Ramiro lança André em velocidade, ele avança e da entrada da área dá a bola a Luan, que tira um zagueiro da jogada e bate por cima do gol, rente ao travessão, aos 33. O Atlético até deu algum trabalho nos primeiros minutos, mas depois que entrou no jogo o Grêmio passou a dominar e a criar oportunidades, porém abusando do desperdício de chances, o que é um perigo.

O Atlético volta sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo com o Atlético tomando a iniciativa e obrigando Grohe a fazer importante defesa aos 4. A defesa do Atlético erra de novo, a bola fica com Everton, que avança e chuta da entrada da área para defesa de Santos, aos 27.Apesar de toda a ousadia do Atlético, que chegou a levar algum perigo em alguns momentos, foi o Grêmio quem mais jogou, ao longo de toda a segunda etapa, mas também foi quem mais errou, extrapolando os limites das perdas de oportunidades. Não soube vencer a retranca com que o time de Fernando Diniz passou a jogar depois da expulsão de Camacho, mas antes mesmo dela já não estava sabendo o que fazer. Renato terminou a partida com não menos do que seis atacantes, e nem assim o time tirou proveito da vantagem numérica. Dois pontos perdidos em casa foi o saldo.

O resultado derruba o Grêmio à sexta posição na classificação.

*

Arbitragem: Raphael Claus (Fifa/SP), auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa/BA) e Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP).

O Atlético tanto bateu que aos 28 do segundo tempo teve um jogador amarelado pela segunda vez, sendo que o primeiro cartão lhe havia sido aplicado um minuto antes.

Público: pagante 22.049; total 23.894; renda R$ 688.660,00.

Melhor do jogo: Ramiro.

V= 11/ E= 7/ D= 6


Your Comment