RSS

GRÊMIO 0 x 0 Independiente (ARG) (1×1)

RECOPA SUL AMERICANA (9)

JOGO de VOLTA

Com a confirmação da venda de Arthur para o Barcelona e com certo favoritismo por decidir em casa, o Tricolor vai a campo na obrigação de conquistar o título que pode amenizar a gravidade da situação do clube na tabela de classificação no Gauchão.

Na ARENA – 21.02.

21h45

Formação que inicia a partida:

Marcelo; Léo Moura (2), Geromel (3), Kannemann (4) e Cortez (6); Jailson (25), Maicon (8), Alisson (23) e Everton (11); Luan (7) e Cícero (17).

Cartões: amarelos para Alisson por jogada perigosa a 1 minuto e meio; Geromel por impedir um ataque promissor, aos 25; Paulo Miranda, aos 35, em jogada absolutamente normal em que os dois jogadores deram carrinho por disputa de bola.

Trocas: Leonardo Moura sente lesão na coxa direita, sai na maca e Paulo Miranda (13) vem para o jogo, aos 21. Segundo tempo: Jael (9) vem para o jogo no lugar de Jailson, aos 16; Maicosuel (18) vem para o jogo no lugar de Alisson, aos 35.

*

Primeiro tempo começando com o Grêmio saindo para cima do adversário. O Independiente se defende e abusa das faltas com vistas a desestabilizar os jogadores gremistas. Jogada do ataque gremista que termina com finalização de Everton invadindo a área e com um argentino tirando a bola de dentro do gol, aos 8. Contra-ataque do Independiente que termina com defesa parcial de Marcelo, bola indo a tiro de meta, aos 9O Grêmio faz marcação adiantada e tenta explorar o lado direito de marcação do Independiente, que é fraco, e é por onde Everton está se impondo pela correria e habilidade dribladora. O time argentino abusa das faltas e já tem um terço do time amarelado, ao final do tempo de jogo. Ainda falta dar um amarelo para o goleiro Campaña, que faz cera técnica desde o início da partida. Aos 37 Luan perde um gol feito, quase dentro do gol, chutando para fora em lance absolutamente legal, tanto que o árbitro marcou tiro de meta.

O Independiente volta com mais uma alteração para o reinício de partida.

Segundo tempo começando com a mesma dinâmica do final do primeiro, com o Grêmio atacando sem parar. Chute cruzado de Everton da entrada da área que o goleiro pega no chão, no meio do gol, aos 2. O Grêmio volta com a estratégia de cansar o Independiente, tocando a bola sem atacar com agudeza. Mais uma jogada de Everton entrando a dribles pela área e batendo cara a cara com o goleiro Campaña, que opera um milagre com o pé salvando o gol, aos 8. Chute rasteiro de Domingo que Marcelo pega no meio do gol sem problemas, aos 15. Chute cruzado de Jael da direita que o goleiro defende parcialmente, aos 23. Eram 39 minutos quando o Independiente deu seu primeiro chute a gol no segundo tempo, uma cobrança de falta. O Grêmio tenta atacar mas não consegue. O Independiente não quer saber de jogo. A prorrogação parece inexorável. Chute rasteiro de Everton da intermediária que Campaña defende no meio do gol, aos 45.

O resultado do tempo normal levou o jogo para

PRORROGAÇÃO

Primeiro tempo: cruzamento de Maicosuel da direita, bola alta na área do Independiente, e Jael de cabeça manda a bola no travessão, aos 6. O maior problema do Grêmio é que não tem profundidade, não tem jogador agudo e os dublês disso não sabem o que fazer com a bola quando estão com ela. Exceção para Maicosuel, que é jogador vertical. Geromel lança bola na área, Jael cabeceia e o goleiro defende firme, aos 15.

Segundo tempo: Jael cobra falta, a bola bate na barreira e Campaña defende no canto inferior esquerdo, aos 3. Lima (14) vem para o jogo no lugar de Cortez, aos 10. Maicosuel avança em velocidade e da entrada da área bate cruzado para defesa parcial milagrosa de Campaña no chão, aos 14.

O empate na prorrogação leva a decisão para

COBRANÇA de PÊNALTIS

Maicon cobra e converte (1); Gaibor bate e converte (1); Cícero bate e converte (2); Meza bate e converte (2); Jael bate e converte (3); Domingo bate e converte (3); Everton bate e converte (4); Romero bate e converte (4); Luan bate e converte (5); Benítez bate e Marcelo defende.

O GRÊMIO CONQUISTA o BICAMPEONATO da RECOPA

*

Arbitragem: Enrique Cáceres (Fifa/PAR), auxiliado por Eduardo Cardozo (Fifa/PAR) e Juan Zorrilla (Fifa/PAR).

Aos 38 aconteceu lance de falta sobre Luan em que o zagueiro Amorebieta deixa o pé no peito do jogador gremista e lhe é mostrado cartão vermelho após consulta ao árbitro de vídeo. Quando terminou o primeiro tempo pessoas ligadas ao time argentino tentaram agredir o árbitro na saída de campo.

Público: pagante 40.009; total 42.921; renda R$ 1.964.449,00.

Melhor do jogo: Marcelo Grohe.

V= 1/ E= 3/ D= 5


Your Comment