RSS

GRÊMIO 0 x 1 Palmeiras

4ªs de FINAL da LIBERTADORES 2019 (45)

Depois do empate com reservas no Brasileirão, agora é a vez dos titulares das duas equipes se enfrentarem na competição mais importante do continente. Com o elenco principal em campo, o dono da casa tem ligeiro favoritismo em função do momento técnico, mas o visitante é um dos dois times mais ricos do país.

JOGO de IDA

Na GRÊMIO ARENA – 20.08.

21h30

Formação que inicia a partida:

Paulo Victor; Léo Gomes (6), Geromel (3), Kannemann (4) e Cortez (12); Matheus (14), Maicon (8), Alisson (23) e Jean Pyerre (21); Everton (11) e André (90).

Primeiro tempo: começando com o Grêmio saindo para cima, cavando escanteio a 44 segundos. O Palmeiras é um time compactado na defesa. Quando não tem a bola, praticamente os dez da linha recuam para a recomposição. Joga apostando nos contra-ataques, mas o Grêmio nos minutos iniciais consegue neutralizar. O goleiro Wéverton já fazendo cera técnica. Chute cruzado de Alisson da direita que Wéverton pega no chão, no canto direito, aos 14. Até o momento do gol palmeirense o Grêmio tinha total controle do jogo. Scarpa foi muito feliz no momento do chute. A partir daí o Grêmio teve que sair ainda mais para o ataque, e naturalmente os espaços começaram a aparecer para o adversário.

As equipes voltam sem mais alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo: começando com o Palmeiras saindo para cima do adversário, aproveitando-se da necessidade gremista de atacar. Cabeceio cruzado de Dudu de dentro da área que Paulo Victor manda para escanteio no chão, no canto esquerdo, aos 3. Apesar de ter voltado com ímpeto ofensivo, o time de Felipão continua fazendo cera técnica, desta vez generalizada, não só por parte do goleiro. Everton faz sua jogada tradicional, puxando da esquerda para o meio e bate cruzado para defesa de Wéverton, no canto direito, no chão, aos 11. O Grêmio volta a ter a posse de bola, domínio do jogo, mas não transforma em gol. Chute cruzado de Raphael Veiga da entrada da área pela direita que Paulo Victor pega no meio do gol, aos 29. Chute de Dudu da entrada da área pela direita, a bola vai na trave esquerda e daí na escanteio, aos 30. O Grêmio joga os últimos minutos com a vantagem de o adversário estar com um homem a menos. Jean Pyerre cobra falta de pé direito da intermediária pela esquerda, a bola bate na barreira e volta para ele, que bate de pé esquerdo para defesa de Wéverton no chão no meio do gol, aos 42. O Grêmio seguiu tentando atacar, trocando bola sem grande profundidade, até o final do segundo tempo, enquanto o Palmeiras tratou de administrar a vantagem.

Cartões: amarelo para Kannemann, aos 17. Segundo tempo:

Gols: cobrança de falta da intermediária pelo meio, Marcos Rocha encosta para Gustavo Scarpa, que dá um chute forte, a bola faz uma curva e vai no ângulo superior esquerdo de Paulo Victor, indefensável, aos 30. Segundo tempo:

Trocas: Juninho Capixaba (29) vem para o jogo no lugar de Bruno Cortez, que sente lesão, aos 34. Segundo tempo: Tardelli (9) vem para o jogo no lugar de André, aos 12; Luciano (15) vem para o jogo no lugar de Alisson, aos 30.

O resultado obriga o Grêmio a vencer por qualquer placar acima de dois gols, na semana que vem, no Pacaembu, se quiser obter uma classificação para as semifinais.

*

Arbitragem: Patricio Lostau (Fifa/ARG), auxiliado por Juan Belatti (Fifa/ARG) e Diego Bonfa (Fifa/ARG).

Por jogada temerária com o pé alto, Felipe Melo leva cartão amarelo aos 8 minutos do primeiro tempo. Apesar de toda a cera feita pelo goleiro palmeirense o árbitro deu apenas dois minutos de acréscimos ao final da primeira etapa. Felipe Melo faz uma segunda falta de cartão amarelo (mais uma vez solando o adversário) e o árbitro não hesita em apresentar o vermelho, aos 32 do segundo tempo. O jogador sai de campo chorando, sendo consolado por companheiros e adversários. No final do segundo tempo o árbitro deu cinco minutos de acréscimos.

Público: pagante 44.967; total 47.852; renda R$ 2.686.970.

Melhor do jogo: Gustavo Scarpa.

V= 23/ E= 15/ D= 7


Your Comment