RSS

GRÊMIO 1 x 1 Flamengo

4ªs de FINAL da COPA do BRASIL 2018 (44)

Noite para comprovar se houve ou não acerto na preservação de jogadores na rodada de final de semana do Brasileirão por parte do técnico Renato Portaluppi, o que não foi feito pelo adversário, que segue cada vez mais líder, por lá. Com todos os titulares possíveis, o Grêmio a ideia principal é fazer placar, para buscar vantagem no jogo de volta, já que não há gol qualificado.

JOGO de IDA

Na GRÊMIO ARENA – 01.08.

21h45

*

Formação que inicia a partida:

Marcelo; Léo Moura (2), Geromel (3), Kannemann (4) e Marcelo Oliveira (26); Maicon (8), Cícero (77), Ramiro (17) e Luan (7); Everton (11) e André (90).

Primeiro tempocomeçando com o Grêmio recuperando a bola depois da saída do Flamengo e obrigando o goleiro Diego Alves a fazer defesa em chute de Luan aos 16 segundos. Nos primeiros minutos o jogo se desenvolve basicamente no campo do Flamengo. Chute de Marlos da entrada da área que Marcelo defende para o lado, cedendo escanteio, aos 9. Rodinei faz jogada na área pelo lado esquerdo, onde Marcelo Oliveira tem dificuldades, e bate cruzado de pé trocado, a bola bate em Kannemann e Marcelo coloca para escanteio, aos 31. Chute cruzado de Cícero da entrada da área que Diego espalma para o lado, no canto inferior direito, aos 31. Chute de Luan da intermediária que Diego Alves pega sem problemas no meio do gol, aos 34. O Grêmio tem dificuldades de penetração tanto por seu estilo de jogar quanto pelo modelo defensivo do Flamengo, que já conseguiu quatro escanteios e leva algum perigo sempre que pode, especialmente pelo lado direito de ataque, onde Marcelo Oliveira, sem ritmo de jogo, tem sido constantemente envolvido, sem receber auxílio de ninguém. Depois do gol, como faltava pouco para o final do tempo de jogo, o Grêmio meio que se encolheu, mas o Flamengo não ousou sair para o jogo, sob pena de levar mais um gol de contra-ataque.

As duas equipes voltam sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo: começando com o Flamengo tentando esboçar reação. Chute cruzado de Diego de dentro da área pela esquerda que Marcelo pega no canto direito, aos 19. André não fez um bom jogo, e a entrada de Jael muda o jeito de o time jogar. Jael é mais participativo, volta para marcar e tem velocidade para acompanhar as arrancadas de Everton. O Grêmio, entretanto, está tendo dificuldades para conter as investidas flamenguistas. A entrada de Vitinho para jogar em cima de Léo Moura obrigou Renato a fazer uma mudança sem mexer na estrutura do time, como costuma acontecer. Em geral ele puxa Ramiro para a lateral e coloca Marinho ou Alisson, mas hoje foi diferente. Lucas Paquetá faz jogada na ponta esquerda enrolando a defesa gremista e bate cruzado, para defesa parcial de Marcelo no canto direito, aos 42. O Flamengo perde, talvez, sua última chance de empatar o jogo em cabeceio de dentro da área cara a cara com Marcelo e a bola sai por cima do gol, aos 45. Foi uma pressão em tempo integral ao longo de todo o segundo tempo, enquanto o Grêmio mais se defendeu, mas pelo menos o fez com alguma competência. A saída de Everton por motivo de lesão muscular ainda precisa de uma avaliação da gravidade. O gol no final foi uma punição para a postura excessivamente defensiva do Grêmio na segunda etapa. O Flamengo, que jogou com titulares na rodada de final de semana do Brasileirão, pressionou o quanto pôde, conseguindo oito escanteios, e pareceu que o Grêmio cansou no final.

Gols: jogada do ataque gremista pela direita, tabela entre Ramiro e Leonardo Moura, que recebe a bola praticamente na linha de fundo, cruza para trás, e no meio da área Luan só escora para as redes, bola no canto direito do gol de Diego Alves, aos 38. Segundo tempo: jogada na linha de fundo pelo lado esquerdo, cruzamento rasteiro de Renan para o meio da área, onde Lincoln estava para completar para as redes, aos 49.

Trocas: segundo tempo: Jael (9) vem para o jogo no lugar de André, aos9; Leonardo Gomes (6) vem para o jogo no lugar de Leonardo Moura, aos 26; Marinho (70) vem para o jogo no lugar de Everton, aos 32.

O resultado deixa a decisão em aberto para o jogo de volta, no Maracanã, dia 15.

*

Arbitragem: Raphael Klaus (Fifa/SP), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP).

Público: pagante 37.358; total 40.075; renda R$ 1.919.531,00.

Melhor do jogo: Lucas Paquetá.

V= 22 / E= 13/ D= 9


Your Comment