RSS

GRÊMIO 1 x 2 (de virada) River Plate (1×0)

SEMIFINAIS da LIBERTADORES 2018 (66)

JOGO de VOLTA

Um dos principais jogos do time ao longo do ano, em que só o que se espera é a confirmação da vantagem obtida no jogo de ida da semana passada, e a conquista de vaga para a final da competição, para enfrentar o vencedor do confronto entre Palmeiras (0) e Boca Juniors (2).

Na GRÊMIO ARENA – 30.10.

21h45

Formação que inicia a partida:

Marcelo; Léo Gomes (6), Geromel (3), Paulo Miranda (28) e Cortez (12); Maicon (8), Michel (5), Ramiro (17) e Cícero (77); Alisson (23) e Jael (9).

Primeiro tempo: começando com o River saindo para cima do adversário e logo a 1 minuto já teve sua primeira oportunidade. Chute de Ponzio da intermediária pelo meio que Marcelo espalma para escanteio, aos 9.

O River volta com mais uma alteração para o reinício de partida.

Segundo tempo: começando com o River novamente saindo para cima do adversário. Chute cruzado de Everton de fora da área pela esquerrda, que Armani espalma para o lado, aos 16. Everton lançado em velocidade fica cara a cara com Armani, que fecha o ângulo e evita o segundo gol, aos 21.

*

Cartõessegundo tempo: amarelos para Paulo Miranda, aos 8; Cortez, aos 18; Bressan, aos 25; Cícero, aos 33; vermelho para Bressan, aos 40.

Gols: Michel cobra escanteio, bola rasteira que resvala num argentino e vai até a entrada da área, onde Leonardo Gomes estava para dar um chute forte, cruzado, rasteiro, mandando a bola no canto inferior direito de Armani, aos 35. Segundo tempo: cobrança de falta da intermediária, bola aérea na área gremista, Borré ganha de todo mundo e de cabeça manda para as redes, aos 36; Gonzalo Martinez cobrando pênalti, aos 49.

Trocas: segundo tempo: Everton (11) vem para o jogo no lugar de Maicon, aos 8; Bressan (22) vem para o jogo no lugar de Paulo Miranda, que não resiste a fortes cãibras, aos 25; Thaciano (16) vem para o jogo no lugar de Jael, que sente nova lesão na coxa direita, aos 39.

Resultado que eliminou o Grêmio da competição.

*

Arbitragem: Andrés Cunha (Fifa/URU), auxiliado por Nicolas Taran (Fifa/URU) e Richard Trinidad (Fifa/URU).

Aos 40 minutos do segundo tempo o VAR alerta o árbitro para lance em que Bressan divide uma bola com Scocco, ela vai para escanteio, mas antes bate em seu braço. É assinalado o pênalti e é mostrado ao zagueiro um segundo cartão amarelo.

Público: pagante 49.893; total 53.571; renda R$ 4.477.119,50.

Melhor do jogo: Gonzalo Martínez.

V= 33/ E= 17/ D= 16


Your Comment