RSS

GRÊMIO 2 x 0 Athletico-PR

SEMIFINAL da COPA do BRASIL 2019 (43)

Largado no Campeonato Brasileiro, o Tricolor aposta todas as fichas nas competições de mata-mata, desta vez jogando em casa contra um adversário que tem no treinador, o Thiago Nunes, uma das sensações do Brasileirão, e que vem em busca de mais um título em nível nacional.

JOGO de IDA

Na GRÊMIO ARENA – 14.08.

21h30

Formação que inicia a partida:

Paulo Victor; Léo Gomes (6), Geromel (3), Kannemann (4) e Cortez (12); Matheus (14), Maicon (8), Alisson (23) e Jean Pyerre (21); Everton (11) e André (9).

Primeiro tempo: o Athletico começa a partida tentando encurralar o adversário em seu campo. Chute cruzado de Cortez de pé direito, a bola faz uma curva e Santos pega antes que ela chegue no canto superior esquerdo, aos 5. Aos poucos o Grêmio começa a fazer valer a situação de dono da casa e a passar mais tempo no campo do adversário, Jean Pyerre na frente da área ajeita uma bola para Maicon, que vem de trás e bate forte para defesa de Santos no chão, no meio do gol, aos 29. O Athletico que antes do gol sofrido fazia cera leva alguns minutos para se recuperar, e além disso passa a fazer mais faltas. Alisson cruza da direita, Geromel cabeceia na área e Santos faz defesa no meio do gol, aos 35. O primeiro tempo está muito truncado, com faltas em sequência de lado a lado, Pendurado que estava, demonstrando estar de cabeça quente em função da marcação, Everton leva o terceiro amarelo e está fora do jogo de volta, em setembro. Marcelo Cirino recebe uma bola dentro da área pela esquerda e bate cruzado, ela vai na trave direita e daí à linha de fundo, sem que Paulo Victor pudesse alcançá-la caso fosse no gol, aos 42. Apesar dos muitos esforços das duas equipes, e em que pese o Grêmio ter obtido uma vantagem inicial na primeira etapa, nenhum dos goleiros foi grandemente exigido. De positivo fica o fato de que Santos teve que intervir muito mais do que Paulo Victor.

As equipes voltam sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo: começando com muita movimentação e os dois times tentando decidir em seguida. Novamente o Athletico tenta empurrar o adversário para aseu campo e o Grêmio tem alguma dificuldade para administrar a vantagem. Alisson cruza da direita, Jean Pyerre cabeceia da marca do pênalti e Santos pega no meio do gol, aos 32. Depois do segundo gol sofrido o Athletico passou a sair mais, chegou ao ataque e alguns momentos sem contudo oferecer grande perigo ao gol de Paulo Victor, enquanto o Grêmio criou inúmeras oportunidades desperdiçadas. Cruzamento da esquerda, Rony cabeceia na área e Paulo Victor pega no meio do gol, aos 48.

Cartões: amarelso para Kannemann, por reclamação, aos 30; Everton, (3°) por carrinho violento e desnecessário, aos 33.

Gols: Everton lançado na esquerda por Matheus enrique, entra na área e cruza de pá direito, a bola viaja por cima e na entrada da pequena área André, vindo de trás se marcação, de cabeça manda no canto esquerdo de Santos, aos 23. Segundo tempo: Jean Pyerre cobra falta da intermediária pelo meio, a bola vence a barreira e entra no canto inferior esquerdo do gol de Santos, aos 27.

Trocas: segundo tempo: Tardelli (9) vem para o jogo no lugar de André, aos 23; Thaciano (16) vem para o jogo no lugar de Jean Pyerre, aos 33; Luan (7) vem para o jogo no lugar de Maicon, aos 38.

O resultado dá ao Grêmio a vantagem de poder perder por até um gol de diferença no jogo de volta, no dia 4.

*

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (MTR/RJ), auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa/BA) e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa/RJ).

Público: pagante 40.175; total 43.280; renda R$ 1.931.786.

Melhor do jogo: Matheus Henrique.

V= 23/ E= 14/ D= 6


Your Comment