RSS

GRÊMIO 2 x 2 Bahia (2×0)

28ª RODADA do BRASILEIRÃO 2018 (61)

Classificado para as semifinais da Libertadores, o Grêmio volta a campo para defender a excelente posição na classificação do Campeonato Brasileiro, onde também tem chances de conquista de título, mas como costuma fazer, o técnico Portaluppi manda a campo um time misto, poupando jogadores importantes que precisam ser preservados.

Na GRÊMIO ARENA – 06.10.

21h

Formação que inicia a partida:

Marcelo; Leonardo Gomes (6), Geromel (3), Kannemann (4) e Juninho Capixaba (29); Maicon (8), Cícero (77), Alisson (23) e Luan (7); Everton (11) e Jael (9).

Primeiro tempo: saída de bola do Bahia, mas o Grêmio já coloca pressão. O Grêmio ataca com força, já teve oportunidades de abrir o placar mas esbarra nos impedimentos de jogadores. O Bahia também ataca e leva perigo. A defesa do Grêmio está um tanto o quanto atrapalhada. Chute de Nilton de fora da área fechando da esquerda para o meio que Marcelo pega no chão, no canto esquerdo, aos 29. O maior problema do Grêmio aconteceu aos 42 minutos quando em meio a uma jogada de velocidade Everton sentiu lesão no posterior da coxa direita e teve que ser substituído. O Grêmio fez um jogo muito ruim na primeira etapa.

O Grêmio volta com uma alteração para o reinício de partida.

Segundo tempo: começando com o Grêmio na expectativa de reversão do placar. Luan cobra falta e Douglas Friedrich faz defesa parcial, aos 3. Luan cobra falta e Douglas faz outra defesa parcial, no canto direito, aos 7.Na segunda etapa continua a inoperância de Marinho, que não participa do jogo. Luan cobra falta e Douglas pega sem problemas, aos 12. O Bahia voltou para a segundas etapa batendo muito, e cedo ficou com um jogador a menos, o que num primeiro momento não está favorecendo o Grêmio em nada. Chute fraco de Gregory, da intermediária, que Paulo Victor pega sem problemas no meio do gol, aos 19. Chute de Cícero da intermediária que Douglas pega no meio do gol, aos 36. O Grêmio deixou para reagir quando já era tarde demais, e ainda foi ajudado pela arbitragem. Paulo Victor ainda faz defesa importante aos 52 em uma cobrança de falta.

Cartões: amarelo para Kannemann, aos 36 junto com um jogador adversário por conta do empurra-empurra numa cobrança de escanteio. Segundo tempo: amarelo para Juninho Capixaba, aos 51.

Gols: Léo cobra lateral como se fosse escanteio, bola na quina da pequena área, onde Nilton desvia de cabeça para trás e Élber também de cabeça manda para as redes, aos 3. Segundo tempo: chute cruzado de Zé Rafael, da esquerda, a bola atravessa a área e Élber, do outro lado, em posição legal, completa para as redes, aos 22; jogada do ataque gremista, Juninho Capixaba lançado por Leonardo Gomes na área pela esquerda, na saída de Douglas manda a bola para as redes, aos 39; Jael batendo pênalti, aos 42.  

Trocas: Marinho (70) vem para o jogo no lugar de Everton, aos 44. Segundo tempo: Paulo Victor (48) vem para o jogo no lugar de Marcelo Grohe na volta do intervalo; André (90) vem para o jogo no lugar de Maicon, aos 27.

O Grêmio deixa escapar a chance de chegar à segunda colocação, mas com o empate se segura em segundo e não sai daí.

*

Arbitragem: Rodolpho Toski Marques (Fifa/PR), auxiliado por Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (AB/PR).

Aos 25 do primeiro tempo o Grêmio teve um gol bem anulado por impedimento de Cícero, que foi o último a cabecear as bola na área, depois de uma cobrança de falta. Na segunda etapa o árbitro mostra o segundo cartão amarelo para o zagueiro Jackson em jogada em que não houve falta, mas foi um carrinho, aos 10. Mazrinho faz jogada na ponta esquerda, entra na área, é tocado no braço, cai, e o árbitro não hesita em assinalar a penalidade, mal marcada, diga-se de passagem, aos 40.

Público: pagante 29.612; total 31.516; renda R$ 992.980,00.

Melhor do jogo: Élber.

V= 32/ E= 16/ D= 13


Your Comment