RSS

GRÊMIO 3 x 4 Sport (0x0)

31ª RODADA do BRASILEIRÃO 2018 (65)

Depois da vitória no jogo de ida da semifinal da Libertadores os titulares gremistas descansam de novo e o técnico Renato precisa quebrar a cabeça para montar o time reserva que vai a campo para enfrentar um adversário que luta desesperadamente para não cair. Com a suspensão de Kannemann para o jogo de volta da semifinal o treinador gremista precisa improvisar na zaga, já que Paulo Miranda deverá ser o companheiro de Geromel na próxima terça.

Na GRÊMIO ARENA – 27.10.

16h30

Formação que inicia a partida:

Paulo Victor (48); Madson (21), Bressan (22), Kannemann (4) e Marcelo Oliveira (26); Matheus (32), Thaciano (16), Kaio (14) e Douglas (10); Capixaba (29) e Thonny Anderson (27).

Primeiro tempo: começando com o Grêmio tentando propor o jogo, mas o primeiro chute foi do Sport, a 47 segundos. O Grêmio mais uma vez tem imensas dificuldades para jogar, porque não tem nenhum atacante de ofício, o que não favorecem, por exemplo, os lançamentos de Douglas. Com o segundo gol do Sport o técnico Renato manda todo mundo para o aquecimento e talvez promova mudanças ainda na primeira etapa. No momento do apito final o Grêmio se mantinha no ataque, pressionando o Sport.

O Sport volta voltam sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo: começando com o Sport tratando de atacar, a fim de evitar a pressão que o Grêmio certamente tentaria impor no reinício. Ao longo de toda a segunda etapa equilíbrio é a palavra que define as atuações das duas equipes, apesar de o Grêmio não ter aproveitado algumas chances quando conseguiu criar alguma coisa com seu esquema de jogo. O Sport fez bom trabalho defensivo, abusou das faltas, mas seu grande mérito foi aproveitar muito bem todas as oportunidades de marcar gols, tanto que fora delas Paulo Victor não chegou a fazer nenhuma defesa importante. Chute cruzado de Pepê pela esquerda que Mailson espalma para o lado, mandando a bola para a lateral, aos 49.

*

Cartões: amarelo para Bressan (3°), aos 9. Segundo tempo: amarelo para Marinho, aos 48.

Gols: Michel Bastos cobra falta de pé trocado da direita, bola alta em curva na área do Grêmio, onde Jair sobe mais do que todo mundo e de cabeça manda para as redes, aos 7; Mateus Gonçalves faz jogada de velocidade arrancando do meio do campo, fazendo fila até chegar na área, e manda para as redes na saída de Paulo Victor, aos 29; cruzamento da direita, bola alta na área do Sport que o goleiro dá de soco para fora da área, onde Matheus Henrique tenta chutar e erra em bola, mas continua com ela, avança pela área, dribla um zagueiro e bate de pé esquerdo, bola no canto inferior direito para descontar, aos 37. Segundo tempo: Juninho Capixaba cobrando pênalti colocando a bola no canto inferior esquerdo, aos 6; jogada do ataque do Sport, sai o cruzamento de Sander da direita, e no meio da área, sem precisar sair do chão, Gabriel ganha dos zagueiros e desempata, aos 7; Thonny Anderson dá a bola a Matheus, que lança Madson na grande área pela direita, ele faz o cruzamento rasteiro para o meio da área, onde Thonny Anderson entrava para mandar a bola para as redes, aos 14; cobrança de falta de Michel Bastos da intermediária, bola caindo na área gremista, Juninho Capixaba não vê a entrada de Jair, que domina e desvia de Paulo Victor, aos 18.

Trocas: segundo tempo: Pepê (33) vem para o jogo no lugar de Kaio, na volta do intervalo; Marinho (70) vem para o jogo no lugar de Marcelo Oliveira, aos 23; Jean Pyerre (31) vem para o jogo no lugar de Thaciano, aos 25.

O resultado mantém o Grêmio na quinta posição, sem chance de perdê-la com quaisquer resultados paralelos.

*

Arbitragem: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA), auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa/SP) e Heronildo S. Freitas da Silva (AB/PA).

Aos 5 minutos do segundo tempo Madson é derrubado por Mateus Gonçalves e o árbitro não hesita em assinalar o pênalti.

Público: pagante 12.165; total 13.842; renda R$ 329.685,00.

Melhor do jogo: Jair.

V= 33/ E= 17/ D= 15


Your Comment