RSS

GRÊMIO 4 x 0 Botafogo (1×2)

22ª RODADA do BRASILEIRÃO 2018 (53)

Antes da partida o Grêmio anuncia a renovação do contrato de Everton até 2022, o empréstimo de Lincoln para o América-MG e a venda de Jailson para o Fenerbahçe, da Turquia. Com a saída do volante, Renato volta a ter problemas para montar o meio de campo, o que só se vai saber minutos antes do início.

Na GRÊMIO ARENA – 01.09.

16h

Formação que inicia a partida:

Paulo Victor; Léo Moura (2), Geromel (3), Kannemann (4) e Cortez (12); Maicon (8), Cícero (77), Ramiro (17) e Luan (7); Everton (11) e Jael (9).

Primeiro tempo: começando com o Botafogo tentando propor o jogo, empurrando o Grêmio para o seu campo. O Grêmio reage e já começa a fazer marcação alta, tentando neutralizar o ímpeto botafoguense. Um erro do zagueiro Yago deu origem à jogada que culminou no pênalti em favor do Grêmio. Estamos com alguns problemas defensivos, alguns jogadores falhando, mas Geromel e Kannemann estão bem no jogo. Luan lançado dentro da área pelo lado direito faz cruzamento rasteiro para o meio, onde Jael domina e bate forte, a bola vai no travessão e volta para o campo de jogo, aos 31. Chute cruzado de Everton da intermediária que Saulo pega no chão, no meio do gol, aos 40. Ao final do tempo de jogo o Grêmio tinha domínio total da partida.

O Botafogo volta com uma alteração para o reinício de partida.

Segundo tempo: começando com o Grêmio saindo para cima do adversário. Chute cruzado de Luan da entrada da área que Saulo espalma para o lado, aos 2. Chute de Everton da entrada da área que vai no pé da trave direita, aos 7. O Bota tenta atacar enquanto o Grêmio controla o jogo mas concede espaços demais, encorajando o atrevimento do time de Zé Ricardo. Everton avançando área a dentro em velocidade ganha do zagueiro e chuta à queima-roupa para defesa parcial de Saulo, aos 22. Cruzamento de Léo Moura, bola alta na área botafoguense, e do outro lado Everton cabeceia para defesa de Saulo, aos 27.

Cartões: amarelo para Cicero, aos 18. Segundo tempo: amarelo para Cortez (3°), aos 21.

Gols: Jael cobrando pênalti de cavadinha, aos 11; Cícero lança Jael dentro da área por cima, ele mata a bola no peito e tabela sem querer com o corpo de um zagueiro, e na caída da bola faz o giro, mandando no canto inferior direito, aos 45. Segundo tempo: Alisson bate cruzado da entrada da área pela direita, bola rasteira que entra no canto direito, aos15; André cobrando pênalti, bola rasteira no canto direito de Saulo, aos 30.

Trocas: Alisson (23) vem para o jogo no lugar de Maicon, que sente o peso do gramado, aos16. Segundo tempo: André (90) vem para o jogo no lugar de Jael, aos23; Douglas (10) vem para o jogo no lugar de Cícero, aos 32.

O resultado faz o Grêmio passar a noite na quarta posição, podendo perdê-la para o Palmeiras no domingo.

*

Arbitragem: Jailson Macedo Freitas (MTR/BA), auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa/BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (AB/BA).

Aos  8 minutos do primeiro tempo Joel Carli comete pênalti colocando a mão na bola dentro da área e o árbitro, apesar de ruim, não hesita em assinalar a penalidade. Errou em dar cartão apenas amarelo para o zagueiro. Aos 22 Jael foi puxado dentro da área, reclamou pênalti, mas o árbitro atrás da goleira se omitiu. Como falei cima, o árbitro é muito ruim e a 1 minuto do segundo tempo Joel Carli fez mais uma falta de cartão amarelo na cara dele e ele só deu a falta, se omitindo de dar a devida punição. Aos 28 a bola mais uma vez bate numa das mãos de Joel Carli e o árbitro mais uma vez não titubeia em assinalar, mas de novo se omite de dar um segundo amarelo ao jogador.

 Público: pagante 14.852; total 16.589; renda R$ 538.966,00.

Melhor do jogo: Jael.

V= 27/ E= 14/ D= 12


Your Comment