RSS

GRÊMIO 4 x 0 Monagas-VEN

FASE de GRUPOS da COPA BRIDGESTONE LIBERTADORES 2018

SEGUNDA RODADA (20)

Em meio às finais do Gauchão o Tricolor vai a campo com a difícil missão de tentar vencer e de preferência fazendo saldo, para não se distanciar demais do líder Cerro Porteño, que já venceu duas partidas e é o adversário das duas próximas rodadas, enquanto o time venezuelano é o saco de pancadas do grupo.

Na ARENA – 04.04.

19h15

Formação que inicia a partida:

Marcelo; Léo Moura (2), Geromel (3), Kannemann (4) e Cortez (12); Maicon (8), Arthur (29), Ramiro (17) e Luan (7); Everton (11) e Jael (9).

Cartões: amarelo para Kannemann, por reclamação, aos 29.

Gols: segundo tempo: Cortez lançado na esquerda faz cruzamento à meia altura, e na pequena área Jael divide a jogada com Lencinas, ganha e abre o placar, aos 5; chute cruzado de Maicon da intermediária pela esquerda, Baroja faz defesa parcial no canto direito, e no rebote Everton vindo de trás aumenta a contagem, aos 15; Arthur lança Luan na área pelo lado direito, ele recebe livre de marcação e bate cruzado, sem chances de defesa para Baroja, aos 41; jogada de ataque do Grêmio bate-rebate na área e Cícero de cabeça completa o lance, aos 45.

Trocas: segundo tempo: Alisson (23) vem para o jogo no lugar de Léo Moura na volta do intervalo; Cícero (10) vem para o jogo no lugar de Maicon, aos 28; Thonny Anderson (27) vem para o jogo no lugar de Jael, aos 32.

*

Primeiro tempo começando com o Grêmio tentando propor o jogo de envolvimento do adversário. Cobrança de escanteio que termina em bate-rebate e defesa de Baroja em chute de Kannemann, aos 13. Jogada de ataque do Monagas que termina com cabeceio no meio da área que Marcelo defende no meio do gol aos 26. Lance de gol perdido pelo time venezuelano. Ao final do tempo de jogo a notícia não é boa para o torcedor gremista. O time não joga bem, com alguns jogadores errando muito e/ou dando contribuição ínfima. O Grêmio toca muito a bola, como sempre, sem profundidade. O Monagas especula nos contra-ataques e por muito pouco não marcou um gol no primeiro tempo. Alisson já estava em trabalho de aquecimento antes do intervalo.

O Monagas volta sem alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo começando com o Grêmio fazendo marcação alta, tentando empurrar o Monagas para seu campo. Chute de Maicon que o goleiro pega no canto direito, aos 4. Chute cruzado de Luan da entrada da área que vai no travessão direito com Baroja batido, aos 7. Chute de Jael que Baroja pega no meio do gol, aos 8. Chute cruzado de Everton pela esquerda que Baroja no meio do gol espalma para escanteio, aos 13. Cruzamento de pé trocado da esquerda, Kannemann cabeceia na área e a bola vai no travessão esquerdo, aos 29. Chute de Everton da meia lua que o goleiro espalma para escanteio, aos 37.

O segundo tempo foi completamente diferente, não só porque muito provavelmente o Monagas cansou, mas porque Renato mudou o time no intervalo e a equipe passou a jogar muito mais, acertar mais passes e a ser mais agressiva. Fazer gol cedo desmonta qualquer esquema, e o Grêmio tem feito isso nas últimas partidas. A goleada aconteceu ao natural, e o árbitro sequer deu acréscimos.

O resultado coloca o Grêmio na segunda colocação do grupo, dois pontos atrás do Cerro.

*

Arbitragem: Carlos Orbe (Fifa/EQU), auxiliado por Luis Vera (Fifa/EQU) e Edwin Bravo (Fifa/EQU).

Com menos de dois minutos de jogo no primeiro tempo a arbitragem cometeu o primeiro erro, dando um impedimento de Ramiro, que foi lançado por Arthur e tinha ficado cara a cara com o goleiro Baroja.

 Público: pagante 19.348; total 21.250; renda R$ 612.168,00.

Melhor do jogo: Everton.

V= 9/ E= 5/ D= 6


Your Comment