RSS

GRÊMIO (de virada) 2 x 1 Vasco

10ª RODADA do BRASILEIRÃO 2019 (36)

Mesmo depois de um mês com o time parado, praticamente só treinando, mas com a desculpa de ter que estar com todo mundo bem para a partida de volta da Copa do Brasil na quarta-feira, o técnico Portaluppi coloca time quase totalmente reserva para a reestreia no Brasileirão, contra um adversário que faz campeonato para não cair novamente.

Na GRÊMIO ARENA – 13.07.

17h

Formação que inicia a partida:

Paulo Victor; Leonardo Moura (2), David Braz (33), Rodriguez (38) e Juninho Capixaba (29); Rômulo (13), Matheus (14), Thaciano (16) e Jean Pyerre (21); Pepê (25) e Luan (7).

*

Primeiro tempo começando com o Grêmio fazendo seu toque para lá e para cá por mais de um minuto e meio sem que o Vasco tocasse na bola. Nada de produtivo, mas também não foi atacado. O Vasco é um time bem arrumado por Vanderlei Luxemburgo, enquanto o Grêmio é meio que um amontoado de jogadores que não jogam juntos. Luan não entrou no jogo; Rômulo não faz mais do que defender e passar a bola para o lado; Jean Pyerre tem dificuldades na armação; Pepê é um cavaleiro solitário na frente. Renato enxerga que depois do gol o Vasco se encolheu e saca um volante que não estava jogando muita coisa e parte para o ataque. Chute de David Braz do meio da rua que Fernando Miguel pega no canto esquerdo, aos 40. A zaga gremista erras duas vezes e Paulo Victor opera milagre em intervenção que salva o time, aos 44.  Cabeceio de Ricardo Graça que Paulo Victor pega sem problemas, no meio do gol, aos 45. Foi um primeiro tempo pobre por parte do Grêmio. Faltou futebol, mas não faltaram novas vaias da torcida no momento do apito que encerrou a etapa.

As equipes voltam sem mais alterações para o reinício de partida.

Segundo tempo começando com o Vasco saindo para cima do adversário e até marcando um gol a 17 segundos, quer foi anulado por falta de Rossi sobre Matheus Henrique no lance que originou a jogada do gol. Luan cobra escanteio, bola na primeira trave, onde Capixaba cabeceia e Fernando Miguel faz defesa no chão, no canto direito, aos 8. Chute cruzado de Everton de dentro da área pela esquerda que Fernando Miguel pega em dois tempos no canto direito, aos 26. Chute cruzado de Danilo Barcelos pela esquerda para defesa parcial de Paulo Victor no chão, no canto direito, aos 28. Não querendo encontrar o desconforto da torcia com André, Renato coloca em campo um garoto de 20 anos, vindo da base. Cobrança de falta de Danilo Barcelos da intermediária que Paulo Victor pega em dois tempos, no meio do gol, aos 33. Chute cruzado de Patrick da entrada da área pela esquerda que Fernando Miguel defende parcialmente para o lado, aos 45. O Grêrmio jogou bem melhor em relação a si mesmo do primeiro tempo. Usou a força dos garotos e fez administração do resultado nos minutos finais.

VAR: chamou o árbitro para verificação do lance que deu origem ao seguindo gol (anulado) do Vasco.

Cartões: amarelo para Capixaba, aos 34. Segundo tempo: amarelo para Thaciano, aos 32.

Gols: Yago Pikachu cobra pênalti colocando a bola no canto inferior esquerdo, Paulo Victor ainda foi, mas não evitou o gol, aos 14. Segundo tempo: jogada do ataque gremista, Luan lança Pepê pela direita, ele entra na área em velocidade, bate cruzado e a bola vai no canto inferior direito de Fernando Miguel, aos 15; cruzamento de Leonardo Moura da direita, bola alta na área vascaína onde da marca do pênalti Pepê cabeceia e manda a bola no canto direito, longe do alcance de Fernando Miguel, para desempatar, aos 40.

Trocas: Everton (11) vem para o jogo no lugar de Rômulo, aos 36. Segundo tempo: Da Silva (41) vem para o jogo no lugar de Matheus, aos 30; Patrick (30) vem para o jogo no lugar de Luan, aos 34.

*

Resultado que coloca o Grêmio na oitava posição por alguns minutos, resta saber qual será a posição definitiva ao final da rodada.

*

Arbitragem: Rodolpho Toski Marques (Fifa/PR), auxiliado por Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (AB/PR).

David Braz puxa Henriques na área numa cobrança de escanteio e o árbitro assinala a penalidade sem hesitação, aos 12 do primeiro tempo. Não foi necessário uso do VAR.

Público: pagante 9.701 ; total 11.281; renda R$ 362.148.

Melhor do jogo: Pepê.

V= 19/ E= 12/ D= 5


Your Comment