RSS

GreNal 400

Começa a decisão em dois jogos entre as duas melhores campanhas do campeonato. Um chega ainda se entrosando, mas bem estruturado. O outro chega bem estruturado e em seu melhor momento no ano. Como um clássico, tudo pode acontecer, mas não há dúvida de que o time de melhor campanha é o favorito.

FINAIS do GAUCHÃO 2014

1° TEMPO do JOGO de 180 MINUTOS (22)

Na ARENA do GRÊMIO – 30.03.

16:00

GRÊMIO 1 x 2 INTER (de virada)

Formações que iniciam a partida:

GRÊMIO

Marcelo; Pará (2), Werley (5), Rhodolfo (4) e Wendell (18); Edinho (8), Ramiro (17), Riveros (16) e Dudu (7); Luan (26) e Barcos (9).

Técnico: Enderson Moreira

INTER

Dida; Gilberto, Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Alex, Aránguiz e D’Alessandro; Jorge Henrique e Rafael Moura.

Técnico: Abel Braga

*

Cartões: segundo tempo: amarelos para Edinho, aos 5; Wendell, aos 48.

Gols: cruzamento de Pará, da intermediária pela direita, e Barcos, de cabeça, manda a bola no ângulo direito do gol de Dida, aos 14. Segundo tempo: Aránguiz lançado na área pelo lado direito cruza por cima, e Rafael Moura sozinho sobe para de cabeça mandar a bola no canto inferior direito do gol de Marcelo, aos 8; cruzamento de Fabrício, mais uma bola alta na área gremista, e Rafael Moura mais uma vez sem marcação cabeceia para virar o placar, aos 27.

Trocas: segundo tempo: Alán Ruiz (11) vem para o jogo no lugar de Dudu, aos 26; Maxi Rodríguez (14) vem para o jogo no lugar de Riveros, aos 33; Deretti (25) vem para o jogo no lugar de Luan, aos 39.
*

O GreNal foi parelho do começo ao fim, mas houve alternâncias. O Grêmio foi mais incisivo, tanto que chegou ao gol cedo na partida. Depois disso passou a administrar, jogando nos contra ataques, deixando uma maior posse de bola para o adversário, porém Marcelo só fez uma importante defesa, e mesmo assim foi antes do gol.

O segundo tempo foi de uma outra partida. O Grêmio voltou desconcentrado ao extremo, enquanto o Inter voltou embalado. Abel tirou Jorge Henrique, colocando Alain Patrick, deslocando Aránguiz para o lado esquerdo, onde jogou livre. Foi dele o passe que redundou no primeiro gol colorado. Logo em seguida ele mesmo deixou de marcar num milagre de Marcelo Grohe. A zaga gremista desapareceu na segunda etapa, parecia o avião da Malaysia Airlines. O ataque inexistiu, houve um chute de Pará por cima e outro de Maxi Rodríguez, fraco, que Dida defendeu. Com dois gols marcados na casa do adversário, o Inter tem a vantagem de poder perder por um gol de diferença no jogo de volta no Beira-Rio. Quase ao final do tempo de jogo houve confusão e briga entre jogadores.

*

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden, auxiliado por José Antonio C. Franco Filho e Rafael da Silva Alves.

Público: pagante 37.744; total 39.874; renda R$ 1.903.957,00.

Melhor do jogo: Rafael Moura.


Your Comment