RSS

GreNal 405

FINAIS do GAUCHÃO 2015 – 26.04.

JOGO de IDA

Time misto por parte do Colorado, que tem mais interesse na Libertadores; time titular quase completo para o Tricolor, que desde o começo da competição informou que disputaria uma Copa do Mundo.

Na ARENA do GRÊMIO

16:00

(21) GRÊMIO 0 x 0 INTERNACIONAL

Formações que iniciam a partida:

GRÊMIO: Grohe; Matías (2), Geromel (3), Rhodolfo (4) e Marcelo Oliveira (6); Fellipe Bastos (5), Maicon (8), Douglas (10) e Giuliano (11); Luan (7) e Braian (9).

Técnico: Luiz Felipe Scolari.

INTER: Alisson; William, Alan Costa, Ernando e Geferson; Nico Freitas, Rodrigo Dourado, Aránguiz, D’Alessandro e Sasha; Nilmar.

Técnico: Diego Aguirre.

Cartões: amarelos para Maicon, aos 13; Nico, aos 26; Aránguiz, aos 33; Geromel, aos 40; Alisson e Braian, aos 42. Segundo tempo: amarelos para William, aos 8; Valdívia, aos 16vermelho para Geromel, aos 17; amarelos para Geferson, aos 37; Marcelo Grohe, aos 48.

Trocas: segundo tempo: Valdívia vem para o jogo no lugar de Nico Freitas, na volta do intervalo; Erazo (13) vem para o jogo no lugar de Braian, aos 19; Cristian Rodríguez (18) vem para o jogo no lugar de Douglas, aos 26; Walace (14) vem para o jogo no lugar de Maicon, aos 32; Anderson vem para o jogo no lugar de D’Alessandro, aos 34; Rafael Moura vem para o jogo no lugar de Sasha, aos 40.

*

O primeiro tempo começou em alta velocidade, com jogadas lá e cá, muitos escanteios antes dos cinco minutos, e muitos erros de passes dos dois lados. Muito equilibrado, e somente aos 18 minutos aconteceu o primeiro lance mais perigoso, quando Giuliano finalizou por cima do gol um cruzamento de Marcelo Oliveira. O maior problema para o Grêmio se constituiu as arrancadas em velocidade, de Nilmar. O Inter também teve seus problemas defensivos, especialmente pelo lado esquerdo, por onde Marcelo Oliveira e Luan cavavam faltas próximas à área, todas desperdiçadas por cobranças erradas. Aos 37 foi a vez de Douglas perder um gol de dentro da área. Logo em seguida William chuta uma bola que atravessa a área sem que Marcelo se aproximasse e não havia ninguém para completar, de parte do Inter, e ninguém do Grêmio para aliviar. No último lance do primeiro tempo, numa cobrança de falta de D’Alessandro a bola bateu na barreira e não houve tempo para mais nada.

Para o segundo tempo Diego Aguirre tira um jogador que estava com cartão amarelo e tenta dar velocidade ao time, enquanto Felipão volta com a mesma formação. Demorou sete minutos para Valdívia armar um banzé no lado direito de defesa do Grêmio, para coma de Matías e Geromel. E desde o começo se viu que o Inter reforçou a marcação, enquanto apostava nas jogadas de velocidade, especialmente pelo lado direito da defesa gremista. Aos 13 D’Alessandro dá uma arrancada, avança conduzindo a bola e da entrada da área chuta forte, obrigando Marcelo a operar uma defesa dificílima. Aos 15 Luan chuta por cima gol, da entrada da área. O jogo estava equilibrado até o momento em que Geromel teve que fazer uma falta em Valdívia, que partia para o gol. Na sequência Aránguiz cobra por cima do gol. Grohe teve que fazer outras defesas aos 24, em uma cabeçada de Valdívia e em um chute de Sasha. Na sequência, aos 25, o Inter deixou de marcar. E aos 35 de novo. Com as novas mudanças, o Inter passou a atacar e o Grêmio a se defender, estabelecendo o filme de terror no lado do campo gremista. Aos 37 Luan perdeu um gol dentro da área, chutando pessimamente. Anderson Daronco deu cinco justos minutos de acréscimos, que foram terríveis para o Grêmio.

A decisão fica para o GreNal 406, no próximo domingo.

*

Arbitragem: Anderson Daronco, auxiliado por José Javel SilveiraJúlio Cesar Silva dos Santos.

Público: pagante 43.681; total 46.909; renda R$ 2.402.081,00.

Melhor do jogo: Marcelo Grohe.


Your Comment