RSS

Haja Força

MANHÃ de FOLGA

Se já estivesse em férias talvez continuasse dormindo depois das 8:30, como até pensei em fazer. O maior problema do sujeito preguiçoso pode ser a autossabotagem. A preguiça tenta controlar a situação de diversos formas. Hoje ela me tentou em três frentes.

Primeiro, com a neblina da madrugada. Antes de eu descobrir que era apenas neblina ela tentou me induzir a pensar que se tratava de nebulosidade. Um dia de folga com chuva lá fora (e não precisa ser chuva forte, pode ser uma garoazinha) é tudo que o vivente aqui gostaria. Mas ela perdeu a disputa quando percebi que era só neblina e o sol sairia.

Isso teve influência na segunda tentativa, que foi a de me fazer pensar em ficar na cama até mais tarde. Com esta tentativa de indução foi até relativamente fácil de lidar. Bastou eu pensar na noite seguinte em claro, tendo que levantar cedo para trabalhar. Quando estiver em férias posso até concordar em trocar o dia pela noite durante uma semana. Aí não haverá problema.

A terceira e última (até agora) foi o pensamento de não fazer esteira, ainda mais que hoje é o dia de colocar os 12 tiros alternativos de 1 minuto de corrida a 11.0 de velocidade. É sempre um dia sim, um dia não. Ou vez sim, vez não, melhor dizendo. Ontem eu até mudei um pouco a dinâmica da caminhada. Em vez de 9 minutos de velocidade 6.0 e 1 de corrida alternados com 9 minutos de velocidade 5.5 e 1 de corrida (portanto três baterias nesta ordem até completar 1 hora), fiz a primeira meia hora em 3 tiros de 9 minutos a 6.0 com 1 minuto de corrida, depois a segunda meia hora com 3 tiros de 9 minutos a 5.5 e 1 de corrida.

O pior é que não deu no mesmo. O odômetro da esteira marcou 50 metros a mais que no outro arranjo.

Toda vez que é o dia dos 12 tiros de corrida eu até penso que não vou conseguir, mas sempre consigo. Não vai ser diferente hoje.


Your Comment