RSS

Iguais Diferentes

No QUE eu ACREDITO

Sua cara metade pode ter o seu mesmo sistema de crenças, mas vocês não precisam pensar rigorosamente da mesma forma. Por exemplo: vocês dois  podem saber que são co-criadores com Deus da sua própria realidade. Podem ter a maior convicção disso, pensam e sentem da mesma maneira o jeito como isso funciona. Mas você se sente revigorado estando de frente para o mar, ou até mesmo nadando; ela se sente bem respirando o ar da serra ou olhando montanhas.

Deixaram de ser caras metades, por causa disso? De jeito nenhum. Por isso é importante aprender a conviver com as diferenças, quando são pequenas. Na verdade, qualquer diferença pode se tornar pequena quando faz parte do sistema de crenças das pessoas a noção de que o outro tem direito de pensar, sentir e acreditar tanto quanto nós temos, e isso seja respeitado.

Ao deixarmos o ego de lado podemos perceber que todos temos uma centelha de divindade, e não estamos de jeito nenhum deparados. Quem acredita em separação é o ego, e nós não somos o nosso ego. Somo seres espirituais passando por uma experiência humana, estamos aqui para nosso aperfeiçoamento. O papel do ego é nos fazer acreditar que estamos aqui numa luta de todos contra todos; que estamos separados em várias categorias de pessoas; ele quer que nos sintamos especiais, e com isso nos fazer crer na ideia de separação, mas isso não existe.

Somos todos partes de um todo, como são as células do nosso corpo, e a maioria de nós sabe que as células morrem e nascem outras em seus lugares, pois a vida é mantida através de uma constante renovação. E assim somos nós, células do todo do Universo, que se renova através de nossas várias reencarnações.

Nosso ego tem medo da morte, ele quer viver eternamente e não aceita a noção de renovação. Não aceita a ideia de que não é quem detém o poder sobre nossa história neste planeta. Por isso estimula a ideia de separação e causa todas as guerras e todas as outras formas de crime neste planeta.

Infelizmente, estamos muito longe, como um todo, de conseguir fazer um mundo melhor. O domínio do ego ainda é muito grande. A mudança começa dentro de nós, quando entendemos que pensar, sentir e acreditar em coisas diferentes não nos torna especiais, nem  melhores, nem piores, bem certos, nem errados. Nos torna apenas diferentes. São diferentes maneiras de termos o mesmo sistema de crenças que nos permite co-criar a nossa própria realidade.

O que pode nos levar a alterar algumas crenças é o tipo de resultados que estamos obtendo com elas. Simples assim.


Your Comment